Little Richard
Foto de Little Richard via Shutterstock
 

E o Rock And Roll perdeu uma de suas figuras mais importantes: Little Richard, precursor do gênero, morreu hoje (09 de Maio) aos 87 anos de idade.

A informação foi confirmada por Danny Penniman, filho do músico, para a revista Rolling Stone, e a causa da morte ainda não foi revelada.

Dono de alguns dos maiores hits dos Anos 50, Little Richard foi um dos principais responsáveis pelo surgimento do Rock, já que em suas canções e apresentações tocava o piano com energia, tinha vocais marcantes e contagiava plateias com os seus passos.

Em 1956 ele deu o pontapé inicial com o clássico “Tutti Frutti”, regravado por nomes como Elvis Presley e The Beatles, e depois não parou mais; vieram hits como “Long Tall Sally”, “Rip It Up”, “Lucille” e mais.

 

Influência de Little Richard

Não há nenhuma dúvida de que se não houvesse Little Richard, não teríamos o Rock And Roll.

Seu trabalho inspirou as obras de nomes como Elton John, os já citados Beatles e Paul McCartney, Creedence Clearwater Revival, The Rolling Stones, Bob Dylan e muito mais.

Do Soul ao Rock And Roll, nomes como Jimi Hendrix, James Brown, Michael Jackson e AC/DC ouviam as obras do músico para moldar as suas próprias criações.

Em 1986, ele entrou para o Hall da Fama do Rock And Roll logo na primeira turma, além de ter sido homenageado com um Grammy pelo Conjunto da Obra e ter tocado na cerimônia de posse do presidente dos EUA, Bill Clinton, em 1992.

“Tutti Frutti” faz parte da Biblioteca do Congresso norte-americano desde 2010.

Carreira e Polêmicas

Após um início poderoso, ele passou a ver “sinais” e se dedicou à música gospel, lançando sons e discos repletos de referências a Deus. Isso não impediu, porém, que várias denúncias aparecessem sobre como ele, por exemplo, expôs as suas genitais para um colega de classe.

Além disso, ele foi preso por “espiar” homens urinando em banheiros públicos na Califórnia.

Após a fase Gospel que não rendeu bons frutos, Little Richard voltou ao Rock And Roll e nunca mais teve o mesmo sucesso, apesar de ter lançado álbuns durante longas décadas, tendo os últimos deles saído em 1992.

O legado de Little Richard, porém, é um dos mais influentes de todos os tempos na música. Com suas canções e apresentações, o “Arquiteto do Rock And Roll” criou as bases para o que teríamos décadas depois em diversos dos subgêneros ligados ao estilo.

Que descanse em paz.

 
Compartilhar