Andre Harrell em 2017
Foto de Andre Harrell via Shutterstock

Mais uma morte no mundo da música, agora do lendário Andre Harrell.

O rapper e executivo da indústria nos deixou ontem (08) e de acordo com informações preliminares a causa da morte foi uma série de problemas cardíacos com os quais ele lutava há algum tempo.

Em toda sua carreira, Harrell nunca teve muito sucesso apesar de ter lançado um disco em 1985 como metade da dupla Dr. Jeckyll & Mr. Hyde.

Seu talento se mostrou efetivo foi mesmo nas gravadoras, principalmente as de Hip Hop.

Em 1986, após trabalhar por alguns anos na gravadora Def Jam, ele fundou a Uptown Records e por lá fez história ao lançar discos de nomes do Hip Hop e do R&B como Notorious B.I.G. e Mary J. Blige.

Mais que isso, ele foi considerado como “descobridor” de Sean Combs, que já passou por nomes artísticos como Puff Daddy, P. Diddy, Puffy e, atualmente, Diddy. Ele entrou na gravadora como estagiário não remunerado e foi demitido em 1993.

Quando Diddy saiu da gravadora, levou junto o lendário Notorious B.I.G. e fez história ao criar a Bad Boy Records.

Abatido com a perda, Andre Harrell acabou indo trabalhar em outras áreas do entretenimento e chegou a ser CEO da icônica Motown Records, onde ficou até 1997.

Homenagens a Andre Harrell

Em seu Twitter, a cantora Mariah Carey publicou a seguinte mensagem:

Por que Andre? Meu coração está partido e não consigo parar de chorar. Ele era um amigo maravilhoso e irei sentir a sua falta para sempre.

Já no Instagram, Questlove (The Roots) definiu Andre dizendo que “ele te deu as melhores trilhas sonoras da sua vida e você nem percebeu.”

Que descanse em paz.

 
Compartilhar