Recado dos criadores do meme do caixão
Reprodução/Twitter
Ouça nova versão do disco ao vivo do Pink Floyd!  

Como te contamos por aqui, Benjamin Aidoo é o nome do criador da empresa que viralizou pelo “meme do caixão” que conquistou a internet nos últimos dias com diversas montagens.

Sem deixar o bom humor de lado, Aidoo agora fez um vídeo para agradecer os profissionais de saúde na luta contra a COVID-19 e também para conscientizar as pessoas da importância de ficar em casa. E, para isso, é claro que ele usou seu próprio meme.

No vídeo compartilhado no Twitter e disponível abaixo, o cara diz:

Olá a todos! Nós queremos agradecer todos os médicos do mundo. [aplausos] Vocês têm trabalho duro e cuidado de todos nós. Mas lembrem-se: fiquem em casa ou dancem conosco! [risos]

Benjamin Aidoo e o “meme do caixão”

O empresário de 31 anos, dono da funerária que aparece prestando esse serviço nas imagens, deu uma entrevista ao jornal Folha de S. Paulo e contou que está achando ótimo ter virado um meme. Ele conta que abriu sua própria empresa em 2007 depois de trabalhar por três anos no ramo funerário, pois enxergou uma oportunidade num país em que velórios e enterros podem durar vários dias. Além disso, ele ainda pensou numa forma de ressignificar o momento triste de uma despedida.

Segundo ele, as coreografias são inspiradas em danças tradicionais e a trilha é de canções com tambores, tudo para fazer com que as pessoas sorriam ao invés de chorar. A música eletrônica dos vídeos recentes não é original e só foi acrescentada em edição para alavancar o meme, como te explicamos nessa matéria.