Tom Hanks e Rita Wilson em 2011
Foto de Tom Hanks e Rita Wilson via Shutterstock
 

O aclamado ator Tom Hanks foi, ao lado da sua esposa Rita Wilson, uma das primeiras celebridades a revelarem publicamente que estavam infectadas com o novo Coronavírus, sofrendo então com a COVID-19.

O casal estava na Austrália onde Hanks filmava um filme sobre Elvis Presley, quando os dois testaram positivo e tiveram que viver em isolamento.

Pois agora que estão devidamente curados e em casa, Tom e Rita estão prestando serviço à humanidade de forma bastante peculiar, com o próprio sangue.

Tom Hanks e o Novo Coronavírus

De acordo com o MSN, Tom Hanks revelou em uma entrevista para um programa da NPR, que tanto ele quanto a companheira carregam anticorpos para o vírus, e quando perguntado se havia sido abordado por cientistas, revelou:

Não apenas fomos abordados, como nós perguntamos: querem o nosso sangue? Podemos doar plasma? E, de fato, iremos doar para os locais que esperam trabalhar no que eu gostaria de chamar de Hank-cina [fazendo trocadilho com seu nome e ‘Vacina’].

Na mesma entrevista, o ator conhecido por filmes clássicos como Forrest Gump (1994), Náufrago (2000), O Resgate do Soldado Ryan (1998) e Quero Ser Grande (1988) também disse que a sua esposa teve sintomas muito piores que os seus:

Ela teve uma febre muito mais alta que a minha e também desenvolveu outros sintomas. Ela perdeu olfato e paladar. Ela não sentiu absolutamente prazer nenhum com a comida por cerca de três semanas. Ela teve tantas náuseas que tinha que rastejar no chão da cama para os outros lugares. Isso durou um tempo.

Vale lembrar que Rita Wilson falou abertamente sobre como foi tratada com a cloroquina, remédio dado como solução para a COVID-19 por líderes mundiais como Donald Trump e Jair Bolsonaro.

Segundo ela, não há como saber se teve efeito positivo e os efeitos colaterais foram extremos.

 
Compartilhar