Beyoncé
Foto: Wikimedia Commons
Ouça playlist com clássicos do Rock!  

Em tempos de Coronavírus, os trabalhadores essenciais são verdadeiros heróis e Beyoncé  mostrou que reconhece isso.

A cantora anunciou recentemente uma doação no valor de 6 milhões de dólares (mais de R$ 30 milhões na cotação atual) que será revertida em “pacotes de cuidados pessoais” aos profissionais que seguem atuando para garantir o pleno funcionamento da sociedade.

Os pacotes em questão são uma parceria da sua fundação, a BeyGOOD, com a UCLA  (Universidade da Califórnia em Los Angeles) e contam com “recursos e ferramentas pensados para levantar os ânimos e acalmar as ansiedades e a depressão” durante a pandemia, como informou a CoS. A iniciativa ainda oferece ajuda local em algumas cidades americanas, inclusive em Nova York, um dos epicentros da pandemia nos EUA.

Beyoncé e doações

Em um comunicado, a BeyGOOD explica os objetivos dessa escolha:

Nas nossas maiores cidades, os afro-americanos compõem um número desproporcional dos trabalhadores nessas ocupações indispensáveis. Eles vão precisar de apoio à saúde mental e cuidados com o bem estar pessoal, incluindo testes e serviços médicos, fornecimento de alimentos e entrega de comidas, tanto durante quanto depois da crise.

Para possibilitar isso, Bey se juntou ao fundador do Twitter Jack Dorsey, que também já havia feito uma parceria com Rihanna e contribuiu pessoalmente com mais de R$5 bilhões para aliviar a crise mundial.

 
Compartilhar