Natália Matos
Foto: Júlia Assis
 

A cantora paraense Natália Matos carrega em sua sonoridade elementos do pop em meio a uma característica e charmosa latinidade. Após ter seus dois primeiros discos elogiados pela crítica, chegou a vez da compositora começar a divulgação do terceiro.

O primeiro single da nova era, “Tempo Lento“, conta com a produção do renomado Alexandre Kassin (responsável também pelo baixo e pela guitarra) e agrega referências oitentistas. A canção foi composta em meio à bela paisagem de Alter do Chão, no Pará. “Foi uma viagem impactante, que me rendeu muita criatividade,” afirma a cantora.

Ainda sem nome divulgado oficialmente, o sucessor de Não Sei Fazer Canção de Amor (2017) tem previsão de lançamento ainda para o ano de 2020 e, ao que tudo indica, teremos novas prévias nos próximos meses. Sobre lançar a canção em tempos de quarentena, Natália conta que:

É uma maneira de me reconectar com aquele momento, de um tempo tempo lento. É preciso desacelerar, pensar em vidas, pensar na humanidade e estar em contato com nós mesmos.

Confira a faixa inédita no player abaixo. Para entender mais sobre a rica sonoridade de Natália Matos, confira a nossa entrevista exclusiva, feita no início deste ano.

 

Dani Black

Dani Black
Foto: Reprodução / Instagram

Sem lançar disco cheio desde 2015, Dani Black pretende começar uma nova fase neste início de década. Em breve, ele lançará o álbum Frequência Rara, mas sua divulgação tem se mostrado bem diferente da atual lógica do mercado.

Isso porque ele tem investido primeiramente no lançamento das novas músicas em versões ao vivo. Aliás, Frequência Rara Ao Vivo será lançado ainda em Abril, com gravações feitas em um show feito pelo cantor em 2019. Além das já lançadas “Feitos de Luz” e “Temos Estranho”, agora estão sendo divulgadas mais duas novidades.

Em versos que promovem reflexões sobre amor, companhia e relações com o mundo, Dani compôs as faixas “O Que Você Criou” e “Ser Amado“. Vale destacar que a segunda conta com participação de Mariana Nolasco nos vocais.

Confira os novos singles abaixo enquanto aguardamos mais novidades:

 

Unabomber

Unabomber
Foto: Divulgação

Passados quase 25 anos desde sua formação, a banda fluminense Unabomber ainda tem seu trabalho marcado por reflexões sociais. Na nova “João 8:32“, parceria com a rapper paulistana Flor MC, o rap e o rock se encontram em críticas à atual era de proliferação da desinformação.

Na faixa, o ambiente proporcionado por redes sociais e aplicativos de mensagem se mostrou terreno fértil para que esses defeitos fossem apontados. “O que é real nesta caverna digital? Quem é o Messias prometendo salvação? Será que é mito, ou um palhaço popular?”, questiona uma das passagens da letra.

O título da faixa faz referência ao versículo bíblico “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”, frequentemente dito pelo presidente Jair Bolsonaro. Já para a mistura entre rap e rock, o grupo se inspirou na trilha sonora do filme “Judgement Night” (1993), que reuniu bandas de rock com grupos de hip hop, resultando em parcerias inusitadas para a época como Living Colour com Run D.M.C. ou Sonic Youth com Cypress Hill.

De acordo com a banda:

O resgate dessa ideia desenvolvida na década em que a Unabomber surgiu é simbólico, mas também muito oportuno, pois induz a uma intersecção interessante de estilos e temáticas num mundo pós-globalização e de um modelo de cultura de massa amplamente desgastado.

Confira abaixo o lyric video oficial da novidade:

 

Dudu

Dudu
Foto: Divulgação / Som Livre

Com cinco faixas inéditas, o rapper capixaba Dudu, de apenas 17 anos, divulgou recentemente o EP Jordan Boyz 2. Em parceria com Leozin, o lançamento segue fiel ao estilo trap, porém mostra-se mais versátil, com inovações na abordagem e mensagens mais amadurecidas.

Vale destacar que Dudu é um nome que tem crescido no hip hop brasileiro, ganhando destaque em uma cena que até há pouco era comandada pelo eixo Rio-São Paulo. Atualmente, ele acumula mais de 22 milhões de visualizações no Youtube e possui mais de 1,6 milhão de ouvintes mensais. Além disso, também tem em seu currículo o Poesia Acústica #6 – Era Uma Vez, com Filipe Ret, MC Cabelinho, MODE$TIA, Bob, Azzy e Xamã.

Confira abaixo o EP:

 

David Ballot

David Ballot
Foto: Reprodução / Instagram

A nossa geração nunca vivenciou nada parecido com a pandemia do coronavírus, que está incentivando necessárias políticas de isolamento social ao redor do mundo. Neste momento de reflexão, o músico David Ballot se juntou a seu irmão Erasmo Ballot para um lançamento inédito.

Intitulada “Karma“, a canção serve como uma trilha para registrar como está a vida artística dos irmãos em meio a tempos complicados. Os únicos cenários utilizados foram ambientes de sua casa. O clipe evidencia que a companhia dos instrumentos tem se mostrado uma ótima distração para eles.

Confira abaixo o delicado clipe: