The Beatles no rooftop da Apple
Foto: TheBeatles.com
   

Há pouca dúvida sobre os Beatles terem ou não sido o maior fenômeno musical do mundo. A grande maioria dos fãs de música concorda que não houve, e provavelmente não haverá, uma sensação que tome conta do planeta como foi o quarteto de Liverpool.

Goste ou não do som dos caras, a influência perdura até hoje, 50 anos depois do fim da carreira do grupo. Foi exatamente em 10 de Abril de 1970 que os Fab Four decidiram seguir caminhos separados, com Paul McCartney anunciando seu primeiro trabalho solo naquele mesmo dia e lançando um comunicado à imprensa que deu a entender que ele estava deixando o quarteto.

Com John Lennon já tendo dito anteriormente que não queria seguir em frente, os Beatles chegavam então ao fim.

É impossível não imaginar como teria sido se os quatro tivessem continuado juntos, pelo menos até a precoce morte de Lennon. Ainda assim, as turbulências que tomaram conta do grupo nos últimos anos de atividade dificilmente teriam permitido que novas composições geniais continuassem sendo lançadas.

50 anos do fim dos Beatles

“That was the thing about The Beatles: they never stuck to one style. They never did just blues, or just rock. We loved…

Posted by The Beatles on Friday, April 10, 2020

Agora, 50 anos depois, o que temos é um legado praticamente irretocável. Artistas dos mais variados gêneros e épocas agradecem ao quarteto por sua revolução musical. Como o próprio John falou, em citação relembrada pelo Facebook da banda:

Essa era a questão dos Beatles: eles nunca ficaram presos em um estilo. Eles nunca fizeram só blues, ou só rock. Nós amávamos todas as músicas.

Não é de se surpreender, portanto, que homenagens como a de Billie Eilish cantando “Yesterday” no Oscar 2020 sejam comuns ao redor do mundo e dentro dos mais variados espectros da música. Tanto tempo depois, só nos resta celebrar esta ocasião ouvindo nossas canções preferidas dessas verdadeiras lendas.

LEIA TAMBÉM: Get Back: filme sobre os Beatles dirigido por Peter Jackson sairá em Setembro