Ouça nova versão do disco ao vivo do Pink Floyd!  

Se não fosse a pandemia do novo Coronavírus, que causou a temida COVID-19, hoje estaríamos todos com os olhos e ouvidos atentos ao segundo dia do festival Lollapalooza Brasil, no Autódromo de Interlagos.

A programação de hoje (sábado) teria nomes incríveis da música nacional como Djonga, Terno Rei, MC Tha e Silva, além de bandas e artistas interessantíssimos lá de fora, como Travis Scott, City And Colour, A Day To Remember, Yungblud e mais.

Pois montamos a grade de programação original do evento com vídeos para que você se divirta nessa quarentena, relembrando nomes antigos, aproveitando seus shows favoritos e, claro, conhecendo muita música boa.

Em tempo, os headliners do Lollapalooza Brasil estão confirmados nas novas datas remarcadas para dezembro.

Além de Guns N’ Roses, Travis Scott e The Strokes, vários outros artistas do line-up original permanecerão na nova edição, mas ainda não há confirmação oficial.

Você pode curtir nosso post com o primeiro dia por aqui e divertir-se com o segundo logo abaixo!

Clarice Falcão (12:30-13:15 – Palco Ônix)

Clarice Falcão no festival No Ar Coquetel Molotov 2019
Foto por Aline Krupkoski / TMDQA!

Com origens no folk, Clarice Falcão tem voltado todas as suas atenções à música eletrônica há algum tempo, inclusive com versões das canções do início de carreira.

Em seu show, a ideia é justamente essa: mostrar beats e mergulhos pelo sintético enquanto entoa letras cheias de ironia.

 

Terno Rei (13:20-14:05 – Palco Budweiser)

Ale Sater (Terno Rei)
Foto por Aline Krupkoski

Dona de um dos melhores discos nacionais de 2019 com Violeta, a banda paulistana Terno Rei baseia seus shows recentes no álbum, mostrando uma dose imensa de indie, rock alternativo e elementos da new wave.

Com uma base sólida de fãs, momentos como “Dia Lindo” e “Solidão de Volta” contam com a plateia toda cantando as letras do início ao fim.

 

MC Tha (13:20-14:05 – Palco Adidas)

Foto por Stephanie Hahne/TMDQA!

MC Tha também lançou um dos melhores discos nacionais de 2019 com Rito de Passá, e é outra artista nacional que conta com uma multidão de fãs cantando seus sons do início ao fim.

Misturando música brasileira, religião, hip hop e mais, ela faz do seu show um ritual de celebração pra lá de divertido.

 

Mika (14:10-14:55 – Palco Ônix)

Nascido no Líbano mas radicado na Inglaterra, o músico Mika é conhecido pela sua música pop e por mega hits como “Grace Kelly”, lançado em 2007 no disco de estreia Life In Cartoon Motion, seu álbum mais bem sucedido.

 

Yungblud (15:00-16:00 – Palco Budweiser)

Yungblud
Foto: Wikimedia Commons

Yungblud provavelmente faria um dos shows mais explosivos e surpreendentes do Lollapalooza Brasil 2020.

O músico britânico tem apenas 22 anos de idade e usa toda sua juventude para misturar elementos que vão do rock alternativo ao pop punk e ao emo passando pelo hip hop.

 

Two Feet (15:00-16:00 – Palco Adidas)

Two Feet

Two Feet é o nome artístico de Zachary William “Bill” Dess, músico norte-americano de 26 anos de idade que tem origens no jazz e bombou ao misturar esses elementos com a música eletrônica, principalmente após o single “Go Fuck Yourself” ter viralizado na Internet.

 

Silva (16:05-17:05 – Palco Ônix)

SILVA no Cine Joia, em São Paulo
Foto: Karina Floriani

Silva se consolidou como um dos mais importantes artistas da chamada “Nova MPB” e tem expandido seus horizontes de forma muito interessante nos últimos anos.

Do piano aos blocos de carnaval, o músico compõe canções que arrastam imensas multidões às suas apresentações.

 

AJR (17:10-18:10 – Palco Budweiser)

AJR

Desconhecido do público brasileiro, o trio AJR é formado por Adam Met, Jack Met e Ryan Met, três irmãos multi-instrumentistas que se uniram em 2005.

De lá pra cá, lançaram três discos, vários EPs e mostraram uma sonoridade voltada ao indie pop ao mundo.

 

Djonga (17:10-18:10 – Palco Adidas)

Planeta Brasil 2020
Foto por Frank Bitencourt (@frankbitencourt)

Se o fato do rapper mineiro Djonga ter lançado alguns dos melhores álbuns nacionais dos últimos anos, inclusive um em 2020, não for o suficiente para te convencer a ver um show do cara, também afirmamos sem medo de errar que ele faz um dos melhores shows do país.

Com muita energia, letras fortes, presença de palco e momentos que mais lembram uma apresentação de Punk do que de Rap, o show do cara é imperdível.

 

Denzel Curry (17:45-18:45 – Palco Perry’s by Doritos)

Denzel Curry - Ta13oo

O talentoso rapper norte-americano vem com uma sequência incrível de álbuns, sendo que só nos dois últimos anos, lançou os celebrados Ta13oo (2018) e Zuu (2019).

Definitivamente um nome a se ver de perto no festival.

 

The Lumineers (18:15-19:15 – Palco Ônix)

The Lumineers
Foto: Divulgação

Quando o chamado indie folk explodiu no início dos Anos 2010, a banda norte-americana The Lumineers foi um dos principais expoentes, principalmente por causa do single “Ho Hey”.

Agora mais maduro, o grupo explora outras sonoridades em seu caldeirão e é conhecido por grandes apresentações ao vivo.

 

Brockhampton (19:20-20:20 – Palco Budweiser)

Brockhampton
Foto: Matt Salacuse

De zoeira, o próprio Brockhampton se chama de “boy band” do rap.

O coletivo surgiu no Texas em 2010 e de lá pra cá se tornou um dos nomes mais quentes do estilo, lançando cinco discos entre 2017 e 2019 e também alavancando trabalhos solo de seus membros.

 

City And Colour (19:20-20:20 – Palco Adidas)

City And Colour em Toronto, 2012
Foto do City And Colour via Shutterstock

O projeto liderado pelo canadense Dallas Green é um dos mais respeitados do planeta quando o assunto é música folk.

Nos últimos anos, o também integrante da banda de post-hardcore Alexisonfire experimentou com estilos e gêneros como indie e até post-rock, lançando discos incríveis.

Em um momento introspectivo da carreira, o próprio disse que viria ao Brasil no formato solo, sem banda de apoio.

 

Emicida (20:15-21:15 – Palco Perry’s by Doritos)

Emicida
Foto: Julia Rodrigues

Dono do melhor disco nacional de 2019 com AmarElo, o rapper Emicida faz um dos melhores shows do país ao misturar suas rimas com uma banda repleta de talentos.

Com mensagens incríveis, instrumentais primorosos e alguns dos discursos mais inteligentes da atualidade, não dá pra deixar passar batido.

 

Martin Garrix (20:25-21:40 – Palco Ônix)

Martin Garrix
Foto: Wikimedia Commons

O holandês Martin Garrix é um daqueles nomes da música eletrônica que extrapolam nichos, tanto que não foi escalado para o palco dedicado ao estilo no Lollapalooza, mas sim para um dos cenários principais do festival.

 

WC no Beat, Ludmilla, Kevin O Chris, Haikaiss, Filipe Ret, PK e Felp 22 (21:30-22:50 – Palco Perry’s by Doritos)

WC no Beat
Crédito: Flashwill/Divulgação

Definitivamente um dos encontros mais sensacionais do Lollapalooza Brasil 2020, o show de WC no Beat reuniria um time de convidados com nomes que estão entre os mais importantes do Rap, Funk e Pop brasileiro.

Um dream team da música popular nacional que colocaria o Autódromo pra dançar. E não seria pouco.

 

A Day To Remember (21:45-22:45)

A Day To Remember lança "Degenerates" via Fueled by Ramen
Foto: Divulgação

A banda A Day To Remember é uma das mais bem sucedidas quando o assunto é metalcore.

Direto da Flórida, os caras se deram muito bem na efervescente cena norte-americana que navegava entre estilos como Pop/Punk, Hardcore e Heavy Metal, tendo construído uma base sólida de seguidores.

 

Travis Scott (21:45-23:00 – Palco Budweiser)

Travis Scott em 2014
Foto de Travis Scott via Shutterstock

Travis Scott é um dos mais interessantes rappers da atualidade.

Misturando hip hop com elementos não muito convencionais no que o rap mainstream oferece mundo afora, ele tem sido celebrado por público e crítica.

Em 2018, lançou o ótimo Astroworld, com participações especiais que vão de Frank Ocean, Drake e The Weeknd até Tame Impala.

Suas performances ao vivo são conhecidas pela energia, tanto que na que você pode ver logo abaixo, Travis lesionou seriamente o joelho.