William “Bill” Lapschies
Reprodução/Facebook
 

William “Bill” Lapschies é um verdadeiro sobrevivente. Veterano da Segunda Guerra Mundial, o americano viveu a pandemia da gripe espanhola de 1918, a grande depressão, diversas recessões e agora se tornou a pessoa mais velha do mundo a se recuperar da COVID-19.

Como contou o NY Post, o efeito de coronavírus em Lapschies chegou a ser bem preocupante e sua filha, Carolee Brown, estava já tomando as decisões finais de sua vida. No entanto, recentemente ele atingiu todas as determinações para ser declarado livre da doença.

A publicação ainda ressalta que a recuperação foi justamente a tempo de Bill celebrar o seu aniversário de 104 anos. Ele foi surpreendido pela família, que ficou do lado de fora da Casa dos Veteranos Edward C Allworth, onde ele reside atualmente e recebeu os cuidados relativos à doença. Tudo isso, claro, respeitando as regras de distanciamento social.

Ao ser perguntado como é chegar a essa idade, Bill respondeu:

Muito bom. Eu cheguei até aqui. [pausa] Estou pronto para mais alguns.

Que maravilha, hein? Agora, a família — que inclui dois netos, seis bisnetos e cinco tataranetos — não vê a hora da pandemia acabar para que ele possa sair e passear com seus herdeiros.

Notícia boa do dia

Em tempos de coronavírus, nós do TMDQA! acreditamos que é necessário dar pelo menos uma notícia boa por dia e ajudar na quarentena dos nossos (responsáveis!) leitores.

Recentemente, compartilhamos por aqui nessa intenção uma lista de museus que permitem visitais virtuais. São mais de 500 opções, incluindo alguns dos maiores acervos do mundo como o Musée d’Orsay (Paris) e o MoMA (Nova York). Além disso, também te contamos sobre a reabertura de um cinema na China após o surto da COVID-19 e ensinamos a “visitar” parques da Disney sem sair de casa.

LEIA TAMBÉM: Fender oferece aulas de guitarra grátis na quarentena