Escola de Rock e Sadgasm (Os Simpsons)
 

Hoje é dia 01 de Abril, conhecido como Dia da Mentira, e no passado já fizemos publicações por aqui com notícias falsas pra brincar um pouco.

Hoje, porém, em um mundo contaminado por fake news e pelo Coronavírus, achamos que mesmo brincadeiras inocentes como uma banda adotando o Ska ou um Punk se tornando religioso poderiam confundir mais do que divertir, então tomamos um caminho diferente.

Por isso, listamos aqui 10 bandas fictícias encontradas em filmes, séries e desenhos animados que gostaríamos que existissem na vida real pelos motivos mais diversos.

Tem o Homer Simpson pagando de Kurt Cobain, o Pearl Jam servindo como banda falsa para mostrar Seattle e, mais recentemente, o sucesso absurdo de Lady Gaga e Bradley Cooper.

Divirta-se!

 

The Wonders

A gente começa essa lista com o incrível The Wonders, criado para o filme That Thing You Do, escrito e dirigido por Tom Hanks e lançado em 1996.

Essa semana recebemos a triste notícia de que Adam Schlesinger, líder do Fountains Of Wayne e autor da deliciosa “That Thing You Do”, foi internado em estado crítico por causa da COVID-19 e essa aparição na lista já fica como homenagem ao cara.

 

Sadgasm

Com mais de 30 temporadas e quase 700 episódios, não é nenhum espanto que a genial animação Os Simpsons tenha explorado diversos temas em sua caminhada.

Um deles foi o grunge dos Anos 90 no episódio “That 90’s Show”, décimo primeiro da décima nona temporada.

Nesse episódio, Homer Simpson tem uma banda chamada Sadgasm e toda a cara e jeito de andar de Kurt Cobain, líder do Nirvana.

Com sua banda, Homer toca “Politically Incorrect”, baseada em “Frances Farmer Will Have Her Revenge In Seattle” e “Heart Shaped Box”, do Nirvana, “Shave Me”, baseada em “Rape Me”, também do Nirvana, e “Margerine”, baseada em “Glycerine”, do Bush, com uma mensagem para Marge Simpson.

Imitando o noticiário da MTV nos Anos 90, o apresentador Kurt Loder entra com uma notícia quente de que a banda acabou e Homer está sozinho em casa, supostamente fazendo uso de drogas. Marge vai até lá e resgata seu amor.

Além de Loder, outro convidado especial do episódio é o músico Weird Al Yankovic.

 

Jack Maine & Ally

A aclamada dupla vivida por Bradley Cooper e Lady Gaga no filme Nasce Uma Estrela (2018) emplacou o hit “Shallow” e não há dúvidas de que lançaria mais sucessos e lotaria arenas por aí se realmente “pulasse” para o mundo real.

 

Sex Bob-omb

Essa é a banda de rock alternativo do icônico Scott Pilgrim.

Quando os quadrinhos foram adaptados para o cinema e se transformaram em um filme com Michael Cera no papel principal, quem compôs as canções para o Sex Bob-omb foi o incrível Beck.

 

Faith + 1

De forma parecia com os Simpsons, o desenho animado politicamente incorreto South Park também entrou no mundo da música diversas vezes.

Em uma delas, o nada amistoso Cartman fundou sua própria banda de rock cristão, o Faith + 1.

Isso acontece no episódio “Christian Rock Hard”, o nono da sétima temporada da série, e nele há diversas paródias e críticas a como a indústria da música funciona pensando apenas no lucro, tirando sarro de artistas e bandas como o Metallica, por exemplo, conhecidos por suas lutas contra a pirataria.

 

Stillwater

Não dá pra deixar o Stillwater fora dessa lista já que a história da banda marcou tanta gente com o filme Quase Famosos.

Imprescindível para qualquer fã de música, rock and roll e jornalismo, o longa mostra os integrantes da banda lutando pelo sucesso enquanto é seguida de perto por um jovem jornalista da Rolling Stone, que quer emplacar sua primeira matéria de capa.

Quem compôs para a banda fictícia foi Nancy Wilson, do Heart, então esposa do diretor Cameron Crowe, e o lendário Peter Frampton.

Mike McCready, do Pearl Jam, tocou guitarra nas canções.

 

Citizen Dick

E por falar em Pearl Jam, em 1992 o mesmo diretor Cameron Crowe lançou um filme chamado Singles onde mostrava a efervescência da cena grunge de Seattle através da banda fictícia Citizen Dick.

Basicamente o grupo era formado por membros do Pearl Jam com o ator Matt Dillon nos vocais – mas ele não cantava de verdade.

Em cena, Dillon usava roupas que pertenciam principalmente ao baixista Jeff Ament e outros nomes icônicos do grunge se envolveram, como Chris Cornell que escreveu uma versão de “Spoonman” para o filme e o Mudhoney, que aparece como referência para “Touch Me, I’m Dick”, um jogo de palavras com a verdadeira “Touch Me, I’m Sick”.

 

K/DA

O grupo virtual gira em torno do universo do aclamado game League Of Legends e toca K-Pop.

Criado pelo próprio estúdio do jogo, Riot Games, o grupo tem as personagens Ahri, Akali, Evelynn e Kai’Sa com vozes de Miyeon e Soyeon, do (G)I-dle e as cantoras americanas Madison Beer Jaira Burns.

 

“The School Of Rock”

Não teria como deixar de fora a banda formada por Jack Black e seu personagem no icônico filme Escola de Rock, lançado em 2003.

Reunindo talentosos garotos em diferentes instrumentos musicais, o grupo faz uma apresentação sensacional nas cenas finais do longa e, definitivamente, poderia ter lançado umas músicas como um EP ou até disco cheio.

 

Figrin D’an and the Modal Nodes

A divertida banda de Star Wars toca um jazz animado na cidade de Mos Eisley e não dá pra deixar de imaginar como seriam esses adoráveis músicos embalando jantares em restaurantes mundo afora, não é mesmo?

A não ser que você tenha medo de alienígenas. Aí, bem, é melhor evitar.

 
 
Compartilhar