Suco de Lucuma - Credito de Camila Sánchez
Foto: Divulgação
 

Com referências do rock psicodélico brasileiro dos anos 60, texturas lo-fi e uma lírica surrealista, a Suco de Lúcuma lança “Jardim Suspenso”, seu novo single.

Dentro dessa premissa, eles falam na canção sobre temas como autorreconhecimento e a busca de inspiração. “A música retrata um paradoxo artístico onde influências internas e externas dialogam de uma maneira inconsciente, e a nostalgia das lembranças do passado e a percepção do presente tentam se evidenciar ao artista,” comenta Carlos Bechet, vocalista e guitarrista do grupo.

A faixa antecipa Quase Rosa, Quase Azul, primeiro álbum da banda. O disco duplo tem lançamento planejado para Maio.

O trabalho tem influências do rock, hip-hop, neo soul e até da literatura surrealista. Minimalismo e texturas sonoras inusitadas também são destaque no registro.

A Suco de Lúcuma é formada por Thomáz Bonatto (guitarra e voz), Carlos Bechet (guitarra e voz), Vicente Pizzutiello (bateria) e Felipe Pizzutiello (baixo).