Fiona Apple
Foto via Wikimedia Commons
 

Fiona Apple passou por um “dilema” nos últimos dias e resolveu compartilhar a história com seus colegas de profissão.

Em um Tweet postado por sua amiga Zelda Hallman, a cantora conta que recebeu um pedido de uso de alguma de suas músicas para um vídeo, o chamado sync. Apesar de ter achado a ideia “ridiculamente estúpida” de início, ela afirma que refletiu sobre a oportunidade nesses tempos difíceis devido ao coronavírus e resolveu aceitar a oferta.

Fiona comenta ainda que irá doar o dinheiro recebido e aconselha que os músicos façam o mesmo. Na íntegra (via Stereogum), ela falou:

Eu tive que me repreender ontem porque recebi um e-mail intitulado ‘pedido de uso.’ E quando você recebe um ‘pedido de uso’, quer dizer que alguém quer usar alguma de suas músicas em algo. Então eu li o e-mail e vi que eles queriam usar uma das minhas músicas em algo que eu pensei que era ridiculamente estúpido. Então eu falei não. Enviei o e-mail de volta, declinei. Eu saí andando, e em dez segundos, eu fiquei tipo, ‘Sua filha da puta!’ pra mim mesma. ‘Sua vadia filha da puta babaca e gananciosa!’ Porque não é a hora de estar recusando milhares de dólares que você pode ganhar fazendo nada, Fiona, quando as pessoas precisam de dinheiro. Então eu estou apenas dizendo… qualquer um de vocês que esteja recebendo pedidos de uso por coisas que você não quer que a sua música esteja, só diga sim, pegue o dinheiro, e dê para alguém. Não seja como eu fui ontem. Eu acabei dizendo sim. Eu mudei. E eu vou doar todo o dinheiro. Enfim, só uma lição. Não importa, ninguém liga em que a porra da sua música foi usada. Enfim, feliz quarentena!

Você pode ver a publicação original, com o vídeo de Fiona, logo abaixo.

LEIA TAMBÉM: Fiona Apple parou de usar cocaína após noite horrível com Quentin Tarantino e Paul Thomas Anderson

Fiona Apple

Com trabalhos pra lá de consistentes e grandes composições, Fiona Apple é considerada uma das artistas mais interessantes dos Anos 90 e 2000 e seus discos são raros, com apenas quatro entre 1996 e 2012.

Fetch the Bolt Cutters será o quinto, e sucede The Idler Wheel… (2012). Apesar do álbum estar pronto, ainda não há informações sobre data de lançamento das 13 novas músicas.