Rich Latimer
Foto: Marina Casagrande
 

O amor, em toda sua essência, simplicidade e espontaneidade, é a principal motivação do novo single do cantor australiano Rich Latimer.

Na inédita “Sol e Lua“, o músico traça paralelos entre os astros e seu relacionamento com a brasileira Juliana Zago, com quem é casado. A letra, em inglês, se desenvolve ao refletir sobre a união daquilo que é oposto. O Sol e a Lua, apesar de muito diferentes, precisam um do outro em uma espécie de conexão sagrada. É a junção entre o universo masculino e feminino que, apesar de muito diferentes, conseguem se dar bem juntos.

A música veio acompanhada de um belo, reflexivo e quase transcendental vídeo em animação, dirigido por Marcelo Shama e Italo Rocha. A própria Juliana ajudou a escrever o roteiro. O vídeo ilustra a bela e complexa relação entre os astros.

Confira abaixo o clipe, com exclusividade do TMDQA!:

 

“Todos os opostos existem para criar equilíbrio”

Esteticamente, a faixa bebe de influências como Bob Dylan e Cat Stevens, mas nem por isso o som do compositor perde sua singularidade ao misturar folk com referências musicais modernas. São inspirações que, assim como a musicalidade de Rich, conseguem exalar espiritualidade e imersão.

A faixa esquenta o lançamento de Dreamer, seu aguardado primeiro disco. Sobre “Sol e Lua”, Rich conta:

A música muda as pessoas e as pessoas mudam o mundo. Esse é o meu lema. O mensageiro e o professor é a vida, o amor, o universo e além. Essa canção ensina que a verdadeira união é possível, que todos os opostos existem para criar equilíbrio e que as energias, mesmo diante de tantas diferenças, podem sincronizar em harmonia.

O que achou da música? Deixe sua opinião nos comentários!

 
 
Compartilhar