Papa Roach -
Reprodução/YouTube
   

Quem viveu os anos 2000 certamente se lembra da febre do nu metal. E se houve uma música que virou um hino do estilo, certamente é “Last Resort”, do Papa Roach.

Em uma nova entrevista para a Metal Hammer, o vocalista Jacoby Shaddix contou toda a história da canção. Entre várias curiosidades, Shaddix deixa bem claro que não era fã do Iron Maiden à época, em resposta às polêmicas de que o famoso riff da faixa teria sido plagiado de “Genghis Khan”, da banda de metal (ouça a partir da marca de 1:45 ao final do post).

Em tempo, vale lembrar que o último disco lançado pela banda é Who Do You Trust? (2019) e, em Dezembro do ano passado, foi divulgado um clipe que homenageia um fã.

Confira a seguir!

História de “Last Resort”

Segundo Jacoby, quem compôs a melodia icônica foi Tobin Esperance, baixista do grupo. E mais: no piano. A transição para a guitarra, no entanto, atiçou o empresário e fez a faixa ser incluída no álbum:

Estávamos morando nessa casa infame em Sacramento com algumas outras bandas da cena, e estávamos ensaiando lá na época. A primeira vez que o riff de ‘Last Resort’ surgiu foi com Tobin tocando ao piano. Soava como uma música clássica, mas colocamos na guitarra, demos aquela batida, e lembro do nosso empresário ouvindo pela parede e entrando correndo, tipo, ‘Toca isso de novo, cara! Foi muito doido!’. Eu fiquei tipo, ‘Nós precisamos colocar isso no disco’.

Sobre a letra, que tratava de um tema bem delicado, o vocalista explicou que não falava de si mesmo:

Muita gente achou que a música era sobre mim, mas não era. Eu estava morando com um amigo meu e ele tentou suicídio. Eu queria escrever sobre ele e essa música só pareceu ser a hora certa. Ele foi para uma hospital psiquiátrico e eventualmente saiu de lá melhor. Ele está em um lugar melhor agora — é um cara de família, sua vida está pegando fogo, ele está arrasando. Mas essa música era a sua história, e eu a contei na música.

Curiosidades e “plágio” de Iron Maiden

Em outro trecho, Shaddix explicou que a música traz um formato diferente do que o Papa Roach costumava fazer. As canções sempre começavam com riffs e, dessa vez, a ideia foi “chocar” com a primeira frase: “Corte minha vida em pedaços”.

Ele explica:

Eu estava trabalhando como zelador em um hospital da Força Aérea, então eu estava andando com meus fones de ouvido e eu estava murmurando a melodia, e trouxe a melodia para os caras. Daí fiz um verso, e eles ficaram tipo, ‘Isso é do caralho!’. Eu fiquei tipo, ‘Eu quero começar essa música com um vocal. Todas as outras músicas começam com um riff, mas eu quero começar logo com, ‘Cut my life into pieces…’. A banda falou, ‘Foda-se, cara, vamos fazer isso. Vamos chamar a atenção das pessoas’. E assim que nós colocamos essa música nos setlists de shows, nossos fãs na época ficavam tipo, ‘Toca aquela de novo!’. Nós estávamos tocando em pequenas casas, festas, lojas de café, shoppings, parques de skate…

Uma das maiores polêmicas que envolviam “Last Resort”, no entanto, era em relação a um possível plágio de Iron Maiden, como falamos acima. Sobre isso, Jacoby disse:

A gente ouviu umas reclamações por isso. Algumas pessoas estavam tipo, ‘vocês roubaram o Iron Maiden’. Com todo o respeito, eu não era fã do Iron Maiden quando era criança. Eu não virei fã do Maiden antes de 2004.

Eu os vi no Canadá, toda minha equipe era fã e ficaram tipo, ‘Você tem que vir vê-los!’. Eu fiquei tipo, ‘Foda-se, vamos’ e me apaixonei por eles. E aí eu ouvi [‘Last Resort’] de novo e fiquei tipo, ‘Bom, claro que parece como uma porra de um riff do Maiden! Ouve isso!’ Hahaha!

Influência da música

Por fim, Jacoby falou sobre o legado deixado por “Last Resort”. Ele se mostra feliz pela canção “ainda significar algo” e “ainda unir plateias toda noite e ter salvado muitas, muitas vidas”.

Sobre a influência musical da faixa, ele disse:

O legal é que, conforme os anos se passaram, a gente conheceu tantos guitarristas diferentes que falaram tipo, ‘Esse foi o riff que me fez aprender a tocar guitarra’. Brian [Haner Jr, também conhecido como Synyster Gates] do Avenged Sevenfold era um professor de guitarra, e ele me falou, ‘Você não faz ideia de quantas crianças vieram até mim pedindo para aprender a tocar ‘Last Resort”.

E o Zoltan [Bathory] do Five Finger Death Punch me falou, ‘Cara, quando eu ouvi essa música, eu era só uma criança da Hungria, e essa canção me colocou no metal’. Você pensa nesses momentos e no tamanho do impacto que essa música teve.

Relembre o hit a seguir!

 
 
Compartilhar