Chester Bennington, do Linkin Park
Foto via Shutterstock
   

O filho e a irmã de Chester Bennington estão expondo uma suposta polêmica envolvendo a viúva do líder do Linkin Park.

Draven Bennington, filho de Chester com a ex-mulher Samantha, usou o Instagram para divulgar uma entrevista de Talinda Bennington com a Rolling Stone. Na conversa, Talinda revela que o músico havia parado de tomar seus antidepressivos alguns meses antes de sua morte. Ela ainda teria cobrado o músico para que voltasse a tomar os remédios.

O filho do cantor circula este trecho da entrevista e escreve, “vocês acreditam nisso?”, sem maiores explicações. Logo em seguida, sua tia Tobi reforçou sua suposta acusação dizendo:

Com certeza NÃO [acredito]!! A fala dela levanta mais questões do que respostas. Draven, eu te apoio, todos nós te apoiamos!!

Pouco depois, Tobi publicou o que parece ser uma mensagem de Talinda a ela, com um tom bastante agressivo. Nele, a viúva revela que usou a poupança dos filhos de Chester para pagar por seu funeral, mas também afirma ter seu próprio dinheiro e estar usando a herança do músico para colocar comida na mesa de seus filhos.

Talinda ainda indica que a família de Bennington possa estar chateada pelo fato dela ter se casado novamente após a morte do músico.

Por sua vez, Tobi declarou:

Por que a poupança das crianças teria que pagar por um memorial? Por que Talinda não usaria seu ‘dinheiro próprio’, que todo mundo sabe que é dinheiro do Chester, para pagar por um memorial? Afinal, ela é sua viúva (como ela quer que todos se lembrem dela). Por que não permitir que os fãs paguem por um memorial se ela é ‘tão pobre’? Por que ela impediu a tentativa dos fãs no ano passado de arrecadar o dinheiro necessário para erguer um memorial? Deixe que ela guarde seu ‘próprio dinheiro’ e se afaste para permitir que aqueles que realmente amam Chester demonstrem seu carinho.

Até o momento, Talinda não se pronunciou sobre as acusações.

Chester Bennington

O vocalista do Linkin Park morreu no dia 20 de julho de 2017, aos 41 anos de idade, vítima de um suicídio.