Ary Barroso -
Ouça playlist com clássicos do Rock!  

ECAD, Escritório Central de Arrecadação e Distribuição, é o órgão responsável por captar e distribuir valores pagos pela execução de canções em eventos e nos mais diversos tipos de mídia.

Por isso, vários dados interessantes estão na base de dados da instituição — e eles acabam de divulgar um ranking inédito bem interessante. Foram listadas as 10 músicas mais regravadas da história do Brasil e, obviamente, há um domínio de Tom JobimVinícius de Moraes.

No entanto, a dupla só aparece pela primeira vez na terceira posição com “Garota de Ipanema”, gravada 376 vezes. Quem lidera o ranking é “Aquarela do Brasil”, de Ary Barroso, que tem 399 gravações.

Continua após o vídeo

Famosa em vozes como as de João GilbertoToquinho, a canção realmente virou uma espécie de hino informal do país. A segunda colocada também é, sem dúvidas, um clássico: “Carinhoso”, composta por Pixinguinha João de Barro.

Depois disso, no entanto, Tom aparece em 6 das 8 posições remanescentes. As únicas faixas que não são dele são “Asa Branca”, de Luiz Gonzaga Humberto Teixeira, e “Manhã de Carnaval”, sucesso de Luiz Bonfá Antônio Maria.

Você pode ver a seguir o ranking completo!

Ranking de músicas mais gravadas do Brasil

  1. Ary Barroso – “Aquarela do Brasil” (399 gravações)
  2. Pixinguinha e João de Barro – “Carinhoso” (389 gravações)
  3. Tom Jobim e Vinícius de Moraes – “Garota de Ipanema” (376 gravações)
  4. Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira – “Asa Branca” (304 gravações)
  5. Luiz Bonfá e Antônio Maria – “Manhã de Carnaval” (276 gravações)
  6. Tom Jobim e Vinícius de Moraes – “Eu Sei Que Vou Te Amar” (257 gravações)
  7. Tom Jobim – “Wave” (238 gravações)
  8. Tom Jobim – “Corcovado” (228 gravações)
  9. Tom Jobim e Vinícius de Moraes – “Chega de Saudade” (228 gravações)
  10. Tom Jobim e Newton Mendonça – “Desafinado” (216 gravações)