E A Terra Nunca Me Pareceu Tão Distante
Foto por Rodrigo Gianesi
 

E A Terra Nunca Me Pareceu Tão Distante é uma das bandas brasileiras mais interessantes da atualidade.

Bebendo nas fontes de gêneros que vão do post-rock ao post-hardcore passando por indie e emo, os caras lançaram seu disco de estreia, Fundação, em 2018.

Com ele vieram 10 faixas instrumentais incríveis e uma delas é “Se Fosse Assim, Onde Iríamos Parar?”, que mostra a banda em seu estado mais enérgico, nos impactando diretamente com guitarra, baixo, bateria e camadas de saxofone sensacionais gravadas por Vinicius Rodrigues.

Novo Clipe do EATNMPTD

Há algum tempo, ao checar sua caixa de entrada do Instagram, a banda percebeu a mensagem de Daniel Wood, da produtora Casa Dobra, que se apresentou e disse que junto com sua parceria, Anália Moraes, grava e edita vídeos de John Moraes, irmão de Anália, e estava solicitando autorização da canção para postar um trabalho no YouTube.

John, figura central do vídeo, tem Síndrome de Down e gosta muito de se ver na tela, mas diz que “só vale” quando for na plataforma de streaming de vídeos mais famosa do planeta, por isso veio a solicitação para a publicação.

O que virou um pedido acabou se tornando em parceria e o que era pra ser um vídeo de John ao som da frenética composição do E A Terra virou clipe oficial aprovado pela banda, pelo selo Balaclava e, definitivamente, por todos que assistirem ao incrível resultado final dessa história.

Comprove apertando o play logo abaixo nessa estreia exclusiva do TMDQA!

Show e Poesia em São Paulo

Em tempo, na próxima sexta-feira dia 24 de Janeiro, a banda irá tocar ao lado da poeta Júlia de Carvalho Hansen no SESC Avenida Paulista a partir das 21 horas, em um projeto experimental que irá misturar música e literatura.

Serviço

Avenida Paulista, 119 (Bela Vista)
Data: Dia 24 de Janeiro (sexta). Às 21h.
Preço: R$ 9,00 (credencial plena) / R$ 15,00 (meia) / R$ 30,00 (inteira)
Venda limitada a dois ingressos por pessoa.
Local: Arte II (13° andar)