Tim
Foto via Wikimedia Commons
 

Tim “Ripper” Owens ganhou fama nos anos 90 quando assumiu os vocais do Judas Priest no lugar de Rob Halford.

Nos últimos anos, o cantor deixou bem claro que defende o atual presidente americano Donald Trump, e acaba de dar mais uma demonstração de apoio ao mandatário. Em um tweet, ele comemorou a morte do general iraniano Qassem Soleimani em um ataque surpresa dos EUA nos últimos dias.

Citando uma publicação que dizia que “o funeral ‘do cara’ que Trump assassinou tem mais gente do que a inauguração de Trump”, ele escreveu:

E graças a deus ‘O Cara’ está Morto 🇺🇸. Espero que estejam aproveitando 🇺🇸

Como lembra o Whiplash, vale ressaltar ainda que o vocalista chegou até a chamar o lendário Stephen King de “perdedor” quando este se posicionou contra Trump. Abaixo, você pode ver a postagem original de Tim.

Tim “Ripper” Owens

Tim “Ripper” Owens esteve no Judas Priest entre 1996 e 2003. Nesse tempo, gravou o disco Jugulator, que acabou se tornando um clássico da banda, e sua história inspirou o filme Rock Star, estrelado por Mark Wahlberg.

Em seguida, ele se juntou ao Iced Earth e depois à Yngwie Malmsteen’s Rising Force. Desde então, tem liderado projetos como Spirits of FireThree Tremors A New Revenge.

LEIA TAMBÉM: Deputado publica imagem de game como se fosse “massacre brutal” dos EUA no Irã