Matt Healy, do The 1975, no festival Benicassim em 2014
Foto do The 1975 via Shutterstock
 

Conhecido por ser um grande defensor da comunidade LGBTQ, Matty Healy (the 1975) deu uma entrevista para a revista britânica Attitude falando sobre como a sua criação e infância influenciaram seus pensamentos e posicionamentos atuais.

“A primeira vez que notei um beijo sensual na vida real foi entre dois homens. Eles eram amigos da minha mãe. (…) Quando eu olho para trás, essas experiências foram formativas porque é o que você identifica como ‘normal’. Eu cresci na comunidade gay. Por isso eu acho que existe o meu, seja o que for, ativismo.”

Show em Dubai

Vale lembrar que no meio do ano, Matty violou as leis de Dubai ao beijar um fã no meio do show. O homossexualismo no país é proibido e pode levar a até 10 anos de prisão:

Um dos promotores disse: ‘Eles irão te prender’. À essa altura eu estava com jet-lag, não tinha fumado maconha, estava nos Emirados Árabes Unidos e pensei: ‘foda-se’.

Na entrevista, o cantor também falou a respeito do beijo e como ficou preocupado com a segurança do fã:

Algumas pessoas disseram ‘Na verdade o que você fez foi colocar a vida do garoto em perigo.’ Eu li isso enquanto estava sozinho no meu quarto de hotel e eu surtei pra caralho, tipo eu não sei se é verdade ou sei lá. (…) Eu descobri quem o garoto é pelo Twitter e mandei uma mensagem para o seu amigo ‘Meu Deus, você está bem?’ E ele respondeu: ‘Como assim? Estamos em um bar, foi a melhor noite da minha vida’, e eles começaram a me mandar selfies.

Para ler a entrevista completa, clique aqui.

The 1975

O grupo anunciou no meio do ano que irá lançar seu próximo álbum em Fevereiro de 2020. E você já pode conferir o primeiro single “People” do disco Notes On A Conditional Form

 
 
FonteNME
Compartilhar