Luiza Lian e Bixiga 70
Foto: Filipa Aurélia / José de Holanda
 

A música brasileira vive atualmente o seu momento mais rico. Nunca antes tivemos tanta música boa e diversificada sendo produzida ao mesmo tempo.

Para encerrar a década com chave de ouro, eis que temos uma parceria daquelas que não sabíamos o quanto precisávamos. Na última segunda (02), Luiza Lian e o grupo Bixiga 70 deram vida à inédita “Alumiô“.

Encontrando ambos os artistas em momentos de transição, a canção mistura a leveza e serenidade da voz de Luiza com os arranjos elaborados e bem construídos do Bixiga. A parceria nos faz pensar logo na riqueza da atual cena. Viva a música brasileira!

 

Duas versões

Evidenciando as particularidades de ambos os artistas, existem duas versões da canção composta por Luiza. Uma delas, intitulada “Alumiô (Cai Na Terra)” contempla a criatividade da construção coletiva de arranjos do Bixiga 70.

Enquanto isso, uma outra versão foi feita em cima do tal arranjo. Produzida por Charles Tixier, que trabalha com Luiza, a versão é apresentada como uma espécie de “desconstrução”, contemplando elementos eletrônicos que aproximam mais a canção da estética do repertório da cantora. Esta leitura, no entanto, recebeu apenas o nome “Alumiô”.

 

Encontro no Cine Joia

A música e o criativo trabalho feito na parceria também deu origem a um encontro ao vivo no palco do Cine Joia, em São Paulo. O repertório do show coletivo irá misturar repertório de ambos os artistas em uma apresentação de aproximadamente duas horas de duração. Tem tudo para ser uma noite histórica!

O evento acontecerá no próximo dia 8 (domingo), com início às 19h (um dia após a noite de comemoração dos 10 anos de TMDQA!). Os ingressos podem ser obtidos por preços que variam entre 35 e 120 reais, clicando aqui. A apresentação deve acontecer também no Rio de Janeiro, no início de 2020.

Compare abaixo as duas versões da canção. Gostou? Deixe sua opinião nos comentários!