Sandy & Júnior encerraram a turnê
Sandy e Júnior encerraram a turnê "Nossa História" com mega show no RJ
 

Depois de realizar a mais lucrativa turnê pelo Brasil já feita por um artista nacional, a dupla Sandy & Júnior reuniu sozinha, pasmem, 100 mil pessoas no último sábado (9) no Parque Olímpico, no Rio de Janeiro.

Desde cedo, era possível perceber uma grande movimentação de fãs nos arredores do local, todos muito ansiosos para estar presente no “próprio Rock in Rio” dos filhos de Xororó.

Antes do show principal, o trio Melim abriu a apresentação às 20h30 e animou o público, que já lotava a Cidade do Rock. Os três irmãos de Niterói cantaram sucessos como “Meu Abrigo”, “Ouvi Dizer”, “Dois Corações”, “Peça Felicidade” e “Gelo”. Cerca de meia hora após o final do show do Melim, o telão abriu uma contagem regressiva de outros trinta minutos, para delírio da plateia.

Como se a noite não fosse especial o suficiente apenas por encerrar a tour de números históricos, e provavelmente imbatíveis em se tratando de mercado brasileiro, a apresentação de Sandy & Júnior no Rio foi gravada para se tornar o DVD oficial da turnê “Nossa História” e também vir ao ar no mês que vem na TV Globo, como o especial de Natal da emissora.

Às 22h10, com atraso de 40 minutos, a dupla deu o pontapé inicial do show com “Não Dá pra não Pensar em Você”, faixa presente no disco homônimo lançado em 2001. Após “Nada Vai me Sufocar”, do CD Identidade (2003), eles pararam para falar com o público.

“A gente cantou no Rock in Rio 18 anos atrás”, lembrou Sandy. “E agora a gente está aqui com um Rock in Rio só nosso”, completou Júnior, levando os fãs a gritarem bastante.

O repertório seguiu com “No Fundo do Coração”, do álbum Era uma Vez…Ao Vivo, de 1998, “Estranho Jeito de Amar”, do disco Sem Limites (2001), e “Olha o que o Amor me Faz”, do As Quatro Estações (1999).

Antes de “Nada é por Acaso”, Sandy reafirmou que ela e o irmão estão “encerrando um ciclo”. “Nossa trajetória foi muito linda. Eu me orgulho muito de tudo o que a gente construiu junto. É triste dizer, mas me sinto cumprindo mais um ciclo. Tem também o lado bom, que sorte e que privilégio poder construir mais um capítulo dessa história”, começou.

“Mais bonito do que poder reviver esses momentos, relembrar e sentir de novo tudo isso, foi poder construir novas lembranças com vocês e sair daqui dizendo que a gente viveu tudo isso junto”, finalizou a artista.

Nesse clima de nostalgia, Sandy e Júnior cantaram “Love Never Fails”, faixa em inglês lançada por eles em 2001, quando tentaram penetrar o mercado americano. “As Quatro Estações”, “Aprender a Amar”, “Imortal” e “Libertar” deram sequência à apresentação.

Logo depois, um vídeo foi exibido mostrando o elenco do seriado Sandy & Júnior como se estivesse trocando mensagens através do WhatsApp. Após o divertido momento, a dupla cantou “Eu Acho que Pirei”, música de abertura da extinta série da Globo.

Enquanto os irmãos cantavam, o telão no fundo do palco mostrava imagens com os atores e atrizes que contracenavam com Sandy e Júnior.

Em seguida, veio o medley de “Beijo é Bom”, “Etc… e tal”, “Vai Ter que Rebolar”, “Dig-Dig-Joy” e “Eu Quero Mais”. Foi então que Júnior fez seu cover de “Enrosca”, de Fábio Jr., e depois mostrou toda sua habilidade na bateria com um solo que agitou a galera.

Após “A Gente Dá Certo”, a dupla deixou o palco, descendo pelo vão que separava os dois lados da plateia, e se dirigiu a uma estrutura montada mais a frente, no alto e bem entre o público.

Foi assim que aconteceu o set acústico, aberto por “Você pra Sempre (Inveja)”. Para esse trecho da apresentação, eles também incluíram, em versões mais curtas, “Ilusão”, “Não Ter”, “Era uma Vez” (quando Sandy mencionou que esta foi sua primeira canção em trilha sonora de novela global), “Encanto” e “O Amor Faz”.

Sandy também revelou que uma das funções mais difíceis desta tour era escolher quais canções entrariam no setlist. De volta ao palco com a banda completa, a dupla cantou, antes do bis, “Inesquecível”, “Super-herói (Não é Fácil)”, “A Lenda” e “Cai a Chuva”, com direito à coreografia dos fãs.

Alguns minutos depois de saírem ovacionados pela plateia, os irmãos voltaram para cantar. “Quando Você Passa (Turu Turu)”, “Desperdiçou” e “Vamo Pulá!”, fechando a apresentação de duas horas de duração com chave de ouro.

Ao mesmo tempo em que enormes bolas coloridas passeavam sobre os fãs e fogos de artifícios eram disparados no céu (no melhor estilo Rock in Rio), Sandy e Júnior se despediam visivelmente emocionados.

Não é para menos. Foram 18 shows em 13 cidades brasileiras nos últimos meses, reunindo 600 mil pessoas. Só em São Paulo foram quatro datas no Allianz Parque, levando 45 mil fãs por noite. A dupla ainda se apresentou em Nova York e Lisboa, com casas também lotadas.

Definitivamente, os 12 anos em que os irmãos estiveram “separados” em nada alterou o amor de seu público. Pelo contrário, parece que a fanbase de Sandy & Júnior vem se renovando e ficando mais ampla. Mérito de dois artistas que sempre entregaram tudo para os seus fãs.

Setlist:

1. “Não Dá pra não Pensar”
2. “Nada Vai me Sufocar”
3. “No Fundo do Coração”
4. “Estranho Jeito de Amar”
5. “Olha o que o Amor me Faz”
6. “Nada é por Acaso”
7. “Love Never Fails”
8. “As Quatro Estações”
9. “Aprender a Amar”
10. “Imortal”
11. “Libertar”
12. “Eu Acho que Pirei”
13. “Beijo é bom/Etc… e tal/Vai Ter que Rebolar/ Dig-Dig-Joy/Eu Quero Mais”
14. “Enrosca” (cover de Fábio Jr.)
15. “A Gente Dá Certo”
16. “Você pra Sempre (Inveja)”
17. “Ilusão”
18. “Não Ter”
19. “Era uma Vez…”
20. “Encanto”
21. “O Amor Faz”
22. “Inesquecível”
23. “Super-herói (Não é Fácil)”
24. “A Lenda”
25. “Cai a Chuva”

Bis:

26. “Quando Você Passa (Turu Turu)”
27. “Desperdiçou”
28. “Vamo Pulá!”