Pete Doherty em 2017
Foto de Pete Doherty via Shutterstock
 

Há alguns dias nós falamos por aqui sobre como Pete Doherty, o guitarrista e vocalista da banda britânica The Libertines, havia sido preso enquanto tentava comprar cocaína em Paris, e parece que a história tem um outro detalhe bizarro.

Segundo a Pitchfork, Pete foi preso na última quinta-feira (7) e ficou detido até o sábado (9), quando saiu com a condição de que pagaria multas diárias de 50 euros (quase 300 reais) durante um período de 100 dias.

Acontece que no domingo (10), o músico saiu para celebrar que havia sido solto da prisão e, bêbado, brigou com um homem que o denunciou por agressão, o que acabou o levando para a cadeia no mesmo dia, como te contamos por aqui.

Sentença de Pete Doherty

Agora, finalmente temos uma novidade sobre a sentença do cara. De acordo com a Billboard, o vocalista recebeu uma multa de 10 mil euros (mais de R$45 mil) e uma “sentença suspensa” de três meses.

Basicamente, esse tipo de punição é uma espécie de liberdade condicional. Se Doherty não cometer mais nenhum crime durante esse período, não haverá nenhum tipo de punição ao frontman.

De acordo com a France24, o empresário de Pete disse que ele se comprometeu a fazer um tratamento, já que uma turnê está no horizonte. Vai ser o jeito, né?

LEIA TAMBÉM: Pete Doherty quer cair na porrada com Liam Gallagher por uma boa causa

 
 
Compartilhar