Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Apaixonado pelo choro de mestres como Pixinguinha, Moraes Moreira resolveu lançar nas plataformas digitais, através da Biscoito Fino, o single “Celebração”.

O choro sempre esteve presente em meu trabalho, desde a época dos Novos Baianos. Logo após veio Armandinho, fizemos trabalhos onde o chorinho falou mais alto, e foi pela a vida a fora sempre pontuando a importância dessa cultura que nos foi legada por grandes nomes, entre eles Pixinguinha, Jacob do Bandolim e Waldir Azevedo. Pude homenageá-los aqui nesse chorinho chamado ‘Celebração’.

Para gravar a nova faixa, Moraes escalou o time que sempre desejou:

Sonhei reunir neste choro os três que considero os músicos mais importantes do momento: Hamilton de Holanda, com sua categoria, é o Nilton Santos do Bandolim; Armandinho Macedo o choque, o toque do trio elétrico; Yamandu Costa o vento minuano que vem do sul. Agora imaginem todos juntos e misturados!

Também com a Biscoito Fino, Moraes havia lançado anteriormente “Só pensa naquilo”, forró inspirado na tradições juninas.

Makeh

O músico piauiense Makeh lançou seu primeiro disco de estúdio, autointitulado. Produzido de forma independente na casa de um amigo, o álbum carrega influências da literatura, da canção brasileira e outros sons mundanos.

Afastado da cena musical por sete anos, os trabalhos mais recentes de Makeh haviam sido com o duo Violante, quando lançou um EP em janeiro de 2012 pela Musicoteca e um segundo no final do mesmo ano pelo extinto site do Jardim da MPB.

Antiprisma

A Alcalina Records lançou no YouTube a session Alcalina Apresenta, projeto que tem como objetivo, em uma perspectiva intimista, divulgar o trabalho das bandas que compõem o selo independente paulista.

Os vídeos foram gravados na Casa do Mancha e a Antiprisma foi o primeiro grupo escolhido. Na estreia da iniciativa, o duo tocou as músicas “Só Porque Você não se Encontrou” e “Caos”, que fazem parte do disco Hemisférios, lançado neste ano, além de “Das Coisas”, do álbum de estreia, Planos para esta Encarnação.

“Acho incrível a Alcalina começar a mostrar os sons do selo em vídeo também. Para nós, foi uma satisfação poder inaugurar o ‘Alcalina Apresenta’, quanto mais próximo a gente estiver das pessoas, melhor”, afirma o integrante masculino da Antiprisma, Victor José.

Montanee

Depois de lançar as canções “Burning Man” e “Keep Falling”, a Montanee lançou o clipe para o single “Weak Like a Needle”, que já está disponível para streaming e também no canal oficial da banda no YouTube.

No vídeo da nova canção, o grupo, pela primeira vez, foge à estética do preto e branco estabelecido nos clipes anteriores. “É um exemplo visual de como é tocar e ouvir essa música, a câmera e o público pulsando junto. ‘Weak Like A Needle’ é, simplesmente, rock n’ roll,” avalia o baterista Teo Kligerman.

Completam a Montanee, que deve lançar seu primeiro EP em breve, Felipe Areias (vocal e guitarra), Raphael Cardoso (baixo) e Pedro Domicio (guitarra).

Recentemente, a banda concluiu uma mini turnê americana, onde apresentou versões minimalistas para suas canções com shows pela costa oeste dos Estados Unidos.

Lupe de Lupe

Comemorando a chegada de Jonathan Tadeu à banda, a Lupe de Lupe lançou o clipe para a faixa “Naná”, segundo single do EP Duas Valsas, que saiu em Setembro nas plataformas de streaming.

O vídeo é uma compilação de arquivos compartilhados por fãs do grupo e mostra diversos cães interagindo com seus donos. Todo o material enviado foi editado por Vitor Brauer, integrante da Lupe de Lupe.