Foto por Aline Krupkoski

27 anos de carreira e o Weezer, influente grupo de rock alternativo de Los Angeles, nunca havia pisado em São Paulo, mas isso mudou (ainda bem) na noite de ontem (26) com um show memorável no Ginásio do Ibirapuera.

A passagem da banda pelo Brasil, aliás, é apenas a segunda nessas quase três décadas, e se lá em 2005 o show único em Curitiba ainda tinha um clima de frescor e momentos ensandecidos que lembravam um evento de Punk Rock, ontem a vibe foi de nostalgia com centenas de fãs pela casa dos seus 30 e 40 anos aproveitando a noite como uma viagem para tempos muito melhores e mais fáceis, sem Internet, mídias sociais e esse peso no ar que parece tirar o sono de todos nós.

Veja como foi logo abaixo!

Hits, Nirvana e Green Day

O show do Weezer em São Paulo teve ares de “greatest hits”, tanto que já começou logo de cara com a clássica “Buddy Holly” emendada em “Undone”, “Hash Pipe” e “My Name Is Jonas”.

Depois desse início incrível, veio a primeira cover da noite com “Happy Together”, do The Turtles, que aparece no Teal Album e ainda teve um trecho de “Longview”, do Green Day, no meio, no que aparentemente foi uma bela homenagem à recém-anunciada turnê conjunta das bandas que ainda tem o Fall Out Boy.

Rivers Cuomo, guitarrista e vocalista da banda, estava inclusive com as unhas pintadas de “teal”, o azul que estampa a capa do disco de covers lançado pelo grupo esse ano, e liderava o Weezer com interações que alternavam entre o tímido e o descontraído e faziam a plateia vibrar intensamente por finalmente viver aquele momento.

Quando mandava frases em português como “vai galera” ou “foi foda”, ele apresentava canções que nos levavam direto para discos como o Blue Album (1994), Pinkerton (1996) e Make Believe (2005). Tudo isso com sons como “Holiday”, “Surf Wax America”, “El Scorcho”, “The Good Life”, “Perfect Situation” e “Beverly Hills”.

No processo, nos relembrava de dias melhores em que o Rock Alternativo embalava as nossas vidas com bem menos preocupações e boletinhos pra pagar, aproveitando ainda para homenagear outros grupos como o A-ha, na cover de “Take On Me” e o Toto, na celebrada versão de “Africa”, onde Rivers pegou uma camiseta da seleção brasileira de futebol arremessada pela plateia.

Rivers Cuomo (Weezer) em São Paulo, 2019
Foto por Aline Krupkoski

O auge disso tudo, inclusive, veio com uma versão de “Lithium”, do Nirvana, que foi gritada a plenos pulmões por todos os presentes, mais do que a também celebrada versão de “Paranoid”, do Black Sabbath.

Foi divertido ver como o público reagiu à homenagem e também comparar as reações com o show de 2005: se na apresentação de Curitiba esse que aqui escreve levou um baita pontapé na cabeça logo nos primeiros segundos de “My Name Is Jonas”, em 2019 a mesma música foi celebrada bastante, mas de outra forma, mostrando quanta diferença os 14 anos fizeram nas vidas de todos nós, pós-jovens.

Weezer em São Paulo – Setlist

De ídolo pra fã, o show do Weezer no Ginásio do Ibirapuera teve ares particulares e intimistas, já que a imensa maioria do público ali conhecia todas as canções tocadas e nem perceberam como a uma hora e vinte minutos de apresentação passaram voando.

Com casa não tão cheia assim, dava pra ver tudo bem de perto e do ângulo que fosse melhor, e a sensação de conforto era ainda maior quando você olhava para o lado e via tantas figuras conhecidas entre músicos brasileiros, profissionais da música e fãs que carregavam bandeiras e não se cansavam de fazer o “=W=” com as mãos a todo instante.

Finalizando com a épica “Say It Ain’t So”, canção dessas que batem de formas inexplicáveis em tanta gente, foi lindo e poderia durar alguns dias, não apenas 80 minutos.

Revisite tudo que aconteceu em nosso Instagram Stories, clicando aqui!

Setlist – Weezer em São Paulo (26/09/2019)

  1. Buddy Holly
  2. Undone – The Sweater Song
  3. Hash Pipe
  4. My Name Is Jonas
  5. Happy Together (The Turtles cover) (com trecho de “Longview” do Green Day)
  6. Holiday
  7. Island in the Sun
  8. Perfect Situation
  9. Take On Me (a‐ha cover)
  10. The End of the Game
  11. Surf Wax America
  12. Africa (Toto cover)
  13. The Good Life
  14. El Scorcho
  15. Paranoid (Black Sabbath cover) (cantada por Brian Bell)
  16. Pork and Beans
  17. Beverly Hills
  18. Lithium (Nirvana cover)
    Bis:
  19. Buddy Holly (versão a cappella com os quatro integrantes)
  20. Say It Ain’t So

Weezer no Rock In Rio

Vale lembrar que a banda é atração confirmadíssima no Rock In Rio e está escalada para o Sábado, dia 28, também conhecido como amanhã.

O Weezer toca no mesmo dia de bandas como Foo Fighters, Tenacious D, Raimundos, CPM22 e Ego Kill Talent.

 
Compartilhar