Bono (U2) e Jair Bolsonaro
Fotos via Wikimedia Commons

O U2 se posicionou mais uma vez contra o presidente brasileiro Jair Bolsonaro.

Em uma publicação no Twitter, a banda escreveu #EleNão, o bordão que viralizou durante a época das eleições aqui no Brasil. Uma hashtag também usada foi #ForaSalles — Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente, tem sido alvo de diversos protestos após os incêndios na Amazônia.

Na foto da postagem está o baixista Adam Clayton, sua esposa, a brasileira Mariana de Carvalho, e a filha do casal, Alba, em uma manifestação global contra mudanças climáticas. A publicação ainda demonstra apoio à jovem Greta Thunberg, a ativista sueca de 16 anos que confrontou líderes mundiais na ONU — te mostramos por aqui.

Nos comentários, os fãs brasileiros se dividiram entre apoio e revolta. Enquanto alguns agradeceram o U2 pelo posicionamento, outros se disseram decepcionados com a banda e até ameaçaram deixar de acompanhá-los.

Confira a publicação abaixo.

U2 e Bolsonaro

Em outubro de 2018, o frontman Bono citou Bolsonaro durante um show da banda, em tom de crítica. Veja por aqui.

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar