Sharon e Ozzy Osbourne
Foto de Sharon e Ozzy Osbourne via Shutterstock

Ozzy Osbourne não esteve presente no evento do Grammy que premiou o Black Sabbath, e agora sabemos o motivo.

Sharon Osbourne, esposa e empresária do Príncipe das Trevas, revelou não ter deixado o marido ir à homenagem por achar um desrespeito com a extensa carreira da banda. Segundo Sharon, o prêmio honorário deveria ter sido entrega no evento principal, que é televisionado.

Em entrevista ao Celebrity Access: Encore (via Louder Sound), ela disse:

É brilhante que eles tenham essa honra na carreira. É adorável para eles. Eles merecem. Eles realmente, realmente merecem isso, porque eu fiquei muito furiosa com o Grammy deste ano. Eles os deram o prêmio de Lifetime Achievement, mas não no programa de TV que todos conhecemos como o Grammy Awards. Eles fizeram uma cerimônia separada, que passa em outra emissora depois. Eu não deixei o Ozzy ir porque pensei que foi chocante o que fizeram.

Ela continua:

Olha, houve artistas ali que também ganharam o prêmio e mereciam. […] O catálogo do Sabbath ainda está vendendo e seu último disco lançado há 6 anos alcançou o topo das paradas em vários lugares do mundo, então enquanto os outros artistas que eles homenagearam têm ótimas carreiras e mereceram ser honrados, eles ainda não têm carreiras iguais a do Sabbath.

Então não colocar a banda no programa que passa na TV, foi tipo, ‘como ousa?’ Eu fiquei tão nervosa. Só pensei, ‘vai se foder. Não vou te dar a honra de ter o Ozzy na sua cerimônia de merda.’

Enquanto o vocalista não esteve por lá, seus ex-colegas Bill Ward, Tony Iommi e Geezer Butler foram ao evento para receber o prêmio.

Reunião do Black Sabbath

Nos últimos dias, o baterista Bill Ward se disse aberto para uma reunião nos palcos com a banda.

Será que rola? O grupo chegou ao fim em 2017 após duas turnês de despedida.