Rubens Ewald Filho
Foto: Reprodução / YouTube

Rubens Ewald Filho, icônico crítico de cinema brasileiro, morreu hoje (19) aos 74 anos de idade.

Conhecido por anos de comentários em transmissões do Oscar, Rubens estava internado desde o dia 23 de Maio em São Paulo por conta de um desmaio que foi seguido de queda causada por uma arritmia cardíaca.

A informação da morte foi confirmada pelo amigo e ator Germano Pereira, além de Bia Venturini, assessora de imprensa de Ewald, à revista VEJA. A causa da morte ainda não foi revelada.

Rubens Ewald Filho

Considerado um dos mais importantes críticos de cinema do Brasil, Rubens Ewald Filho nasceu em Santos e ainda criança anotava informações técnicas dos filmes que assistia, como o diretor, elenco, roteirista e mais, tudo em um caderno.

Além de ter trabalhado na VEJA e em publicações como Jornal da Tarde e O Estado de São Paulo, também foi ator e roteirista, sendo que em 1977 lançou o Dicionário de Cineastas.

Entre outras façanhas, ele ficou conhecido por ter assistido a mais de 35 mil filmes.

Novelas e Oscar

Por um breve período, Rubens foi também o responsável por produções de novelas para a televisão como Éramos Seis (1977), Gina (1978) e Drácula, Uma História de Amor (1980).

Desde os Anos 80, tornou-se figura conhecida no país por conta dos seus comentários nas transmissões do Oscar na Globo. Ele fez o mesmo em outros dois canais: SBT e TNT.

Que descanse em paz.

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar