Controle Video Game
Foto via PxHere
   

Agora o vício em video game é reconhecido oficialmente como um distúrbio de saúde mental.

A OMS (Organização Mundial de Saúde) divulgou neste sábado (25) sua nova versão da Classificação Internacional de Doenças (CID – 11), que conta com o “gaming disorder” (em português, algo como “distúrbio do jogador”) classificado como uma doença moderna.

A lista deve entrar em vigor apenas em Janeiro de 2020, mas já gerou polêmica na imprensa, que tem rebatido a nova definição.

De acordo com a listagem, o distúrbio é descrito como:

Um padrão de comportamento de jogo persistente ou recorrente [que] tem precedência sobre outros interesses de vida.

A OMS ainda classifica o distúrbio na categoria de causas por substâncias ou comportamentos viciosos. Porém, não se assuste: a organização deixou claro que a doença é “relativamente rara”, e só é detectada em extremos onde o jogador se vê preso em um ciclo sem fim e prejudica seus hábitos alimentícios e outras atividades por mais de um ano.

A organização ainda explicou:

A decisão sobre a inclusão do transtorno de jogo na CID-11 baseia-se em revisões das evidências disponíveis e reflete um consenso de especialistas de diferentes disciplinas e regiões geográficas envolvidas no processo de consultas técnicas realizadas pela OMS.

Tenso!