Moby pede desculpas a Natalie Portman

O influente músico Moby, conhecido pelo seu trabalho na música eletrônica, lançou uma biografia que está dando o que falar.

Por lá, o cara que também tem um pé no Punk, falou sobre vários aspectos da vida pessoal e em uma passagem afirmou que namorou a atriz Natalie Portman, dezesseis anos mais nova, quando ela tinha 18 anos de idade.

Agora, após a própria dizer que eles nunca tiveram um relacionamento e afirmar que “ele era um cara mais velho que estava interessado em mim de uma maneira bastante inapropriada”, Moby publicou um pedido de desculpas na sua conta oficial do Instagram.

Desculpas de Moby

View this post on Instagram

As some time has passed I've realized that many of the criticisms leveled at me regarding my inclusion of Natalie in Then It Fell Apart are very valid. I also fully recognize that it was truly inconsiderate of me to not let her know about her inclusion in the book beforehand, and equally inconsiderate for me to not fully respect her reaction. I have a lot of admiration for Natalie, for her intelligence, creativity, and animal rights activism, and I hate that I might have caused her and her family distress. I tried to treat everyone I included in Then It Fell Apart with dignity and respect, but nonetheless it was truly inconsiderate for me to not let them know before the book was released. So for that I apologize, to Natalie, as well as the other people I wrote about in Then It Fell Apart without telling them beforehand. Also I accept that given the dynamic of our almost 14 year age difference I absolutely should've acted more responsibly and respectfully when Natalie and I first met almost 20 years ago. Moby

A post shared by moby xⓋx (@moby) on

Após algum tempo eu percebi que muitas das críticas direcionadas a mim sobre a inclusão de Natalie [no livro] Then It Fell Apart são válidas.

Eu também reconheço completamente que foi equivocado da minha parte não avisá-la a respeito de sua inclusão no livro antes do lançamento, e também foi equivocado que eu não tenha respeitado a sua reação.

Eu tenho muita admiração por Natalie, sua inteligência, criatividade e ativismo pelos direitos animais, e eu odeio o fato de que posso ter causado problemas para ela e sua família. Eu tentei tratar todo mundo que incluí em Then It Fell Apart com dignidade e respeito, mas ainda assim, foi completamente imprudente não deixar as pessoas sabendo de tudo antes que o livro fosse lançado.

Por isso eu peço desculpas a Natalie bem como às outras pessoas sobre as quais eu escrevi em Then It Fell Apart sem avisá-las.

Além disso, eu aceito que dada a dinâmica dos nossos quase 14 anos de diferença, eu com certeza deveria ter agido de forma mais responsável e respeitosa quando Natalie e eu nos conhecemos há quase 20 anos.

Moby.

 
 
Compartilhar