Pat O Brien do Cannibal Corpse
Foto: Reprodução / YouTube
   

Tá aí uma das histórias mais bizarras de 2018 e ela envolve Pat O’Brien, guitarrista do Cannibal Corpse.

O integrante de uma das bandas de death metal mais influentes do planeta foi preso em Northdale, Flórida, enquanto a sua casa pegava fogo no último dia 10, quando os bombeiros tiveram um trabalho imenso para controlar as chamas já que o local estava cheio de munição e armas de fogo.

Enquanto o caos tomava conta de seu lar, Pat estava em outra casa da vizinhança onde entrou sem permissão e ainda teria agredido uma pessoa que estava dentro do local.

Pat foi encontrado escondido atrás de uma cerca e a polícia o levou para a delegacia após denúncia de “roubo de uma habitação ocupada com agressão e agressão agravada de um policial”.

Segundo matéria do canal de televisão WFLA, O’Brien teria atacado um policial com uma faca e foi derrubado por agentes locais com um taser. Ele foi então levado para um tribunal de Hillsborough County com algemas e uma roupa anti-suicídio, e teve a fiança determinada em 50 mil dólares, ou cerca de 200 mil reais.

O guitarrista terá que passar por exames toxicológicos para poder deixar a prisão mesmo pagando a quantia estipulada e ainda não se sabe como o caso irá afetar a turnê do Canniabl Corpse com o Slayer, marcada para 2019.

 
Compartilhar