Sinéad O'Connor e Bono (U2)
Foto: Wikimedia Commons
 

Tá aí uma razão para continuar vivo, né? Pelo menos segundo Sinéad O’Connor.

A cantora, que agora atende pelo nome Shuhada Davitt, foi ao Twitter tirar um sarro da cara de Bono, frontman do U2. Usando a hashtag #ReasonsToKeepLiving, a artista disse que não quer o músico dando um discurso em seu funeral de jeito nenhum.

Leia:

Você quer saber o que me impede [de fazer algo] sempre que me sinto suicida (raramente) desde 2016 (não fiz nada de bobo desde então)? É a ideia de que o Bono poderia falar no meu funeral. #ReasonsToKeepLiving

Em um próximo tweet, ela ainda disse: “ele faria merda, é isso”.

Nos últimos dias, Bono virou notícia ao falar que o U2 está “indo embora“, fazendo com que seus fãs se preocupassem com o fim da banda. Será que Sinéad comemorou?

 
 
FonteNME
Compartilhar