Lata de spray do Massive Attack
Ouça a Playlist Climão de Dia dos Namorados!   Ouça o novo álbum do Melim!  

Em 2018 o influente disco Mezzanine, da banda britânica de trip hop Massive Attack, completa 20 anos de lançamento.

Para celebrar a marca os caras já haviam transformado as 11 faixas do álbum lançado em 1998 em 920 mil filamentos de DNA, e agora eles estão proporcionando uma nova forma para que seus fãs tenham isso em casa e até repliquem a “genética” do álbum por aí.

Trata-se de uma lata de tinta em spray que será disponibilizada em edição limitada e que terá, em cada unidade, o equivalente a um milhão de cópias do disco.

Robert Del Naja, conhecido como 3D, falou a respeito da iniciativa:

É uma forma criativa de armazenar o seu catálogo, apesar de eu achar que tinta em spray com o DNA de um disco provavelmente não se tornará uma tática comum a ser adotada por artistas de rua procurando por anonimato.

Vale sempre lembrar que há fortes rumores de que 3D seria Banksytem algumas das sacadas mais geniais, artista anônimo que das artes plásticas mundo afora.

 

Disco em DNA

Se você fico curioso para saber como diabos um disco é transformado em DNA, a gente explica nas palavras de Dr. Robert Grass, da empresa TurboBeads:

Um stream digital do álbum (0s e 1s) foi traduzido para 901’065 sequências de DNA (A, C, T e G), cada uma com 105 caracteres. As 901’065 sequências foram então sintetizadas em um processo químico, resultando em uma amostra sintética de DNA que representa o álbum.

Entendeu?

 
 
FonteCoS
Compartilhar