Dolores ORiordan, do The Cranberries
Foto de Dolores O'Riordan via Shutterstock
 

A causa da morte de Dolores O’Riordan foi revelada como sendo afogamento acidental.

O resultado da autópsia vem quase oito meses após a morte da líder do The Cranberries, que nos deixou no dia 15 de Janeiro deste ano. Segundo a BBC News, O’Riordan se afogou na banheira do hotel no qual estava hospedada após beber uma quantidade excessiva de álcool.

Como apontam os oficiais, a artista tinha 330mg de álcool por 100ml de sangue, ou quatro vezes o limite legal para beber na Inglaterra, e uma quantidade “terapêutica” de remédios prescritos na corrente sanguínea.

Ainda segundo a autópsia, Dolores não tinha hematomas ou sinais de que estava se auto-infligindo. O psiquiatra da cantora teria dito que ela estava de “bom humor” quando a encontrou no dia 8 de Janeiro.

LEIA TAMBÉM: The Cranberries irá lançar um disco de inéditas com Dolores O’Riordan