The Gaslight Anthem
Foto: Divulgação
 

O The Gaslight Anthem voltou à ativa neste ano e está enfrentando um problema bem sério em seus shows.

Em uma série de tweets, a banda revelou que tem recebido vários relatos de abuso e assédio sexual ocorrendo nas plateias das apresentações. Apesar de não especificar nenhum caso, o grupo se mostrou preocupado com a situação.

Leia:

Para a nossa família Gaslight:

Ficamos com raiva e tristes ao ouvir relatos de agressão sexual e assédio na plateia de nossos shows. Desde o início desta banda, temos nos esforçado para criar um ambiente positivo e seguro para os nossos fãs e esse tipo de comportamento abominável não pode e não será tolerado em nossos shows.

É claro que esta tendência preocupante está aumentando na nossa indústria, e que ignorar ou descartar o problema envia uma mensagem muito clara aos abusadores de que eles podem se safar com este comportamento. Como resultado, queremos ajudar a esclarecer a questão e pedir aos nossos fãs que façam o mesmo.

Entramos em contato com as autoridades e os locais envolvidos nesses incidentes. Há um número de organizações surpreendentes aumentando a conscientização e fornecendo educação em torno deste problema, incluindo a Safe Gigs For Women.

Se você presenciar alguma coisa, diga algo, envolva-se e ajude da maneira que puder. Nós queremos que todos cuidem uns dos outros.

Safe Gigs For Women é uma organização que luta contra os casos de má conduta sexual em shows ao redor do mundo, e coleta diversas denúncias para chamar atenção aos casos.

O The Gaslight Anthem retornou aos palcos neste ano após um hiato de três anos. A banda está atualmente em turnê para celebrar os 10 anos de The ’59 Sound (2008).

 
FontePitchfork
Compartilhar