Phil Collins em 2000
Foto de Phil Collins via Shutterstock
 

Desde sua última reunião em 2007, o Genesis nunca tirou da mesa um possível revival. Agora, Phil Collins deu mais esperanças aos fãs que tanto pedem por uma nova turnê ou disco.

Em conversa com a Rolling Stone, o músico disse que há, sim, uma possibilidade de acontecer. Collins ainda ponderou sua participação como baterista, já que não toca há mais de 10 anos devido a problemas nos nervos dos braços.

Eu não diria que não há possibilidade. Eu, Mike [Rutherford] e Tony [Banks] ainda somos muito próximos. Eu não consigo imaginar como seria se eu não tocasse bateria, mas tudo é possível.

Para solucionar esse problema, entretanto, Phil deu a ideia de convocar seu filho, Nicholas Collins, de 17 anos de idade. O garoto tem acompanhado o pai em sua atual turnê, que inclusive passou pelo Brasil em Fevereiro deste ano.

O músico ainda revelou que seus colegas de Genesis estão animados com a ideia.

Ambos estavam delirando [sobre o] Nic. Mike fez o comentário apropriado: ‘Ele apenas entende. Ele entende o que é necessário e o que é pedido, e por que você está fazendo isso nessa música.’ Eu achei uma coisa maravilhosa de se dizer. Ele tinha 16 anos naquele momento. Eu acho que, sim, se fizéssemos alguma coisa, acho que teria que ser com o Nic na bateria, porque eu não acho que sou capaz disso. Eu acho que a opinião deles sobre o Nic é boa o suficiente para que eles o levem a bordo como parte da banda.

E aí, será que acontece? Os membros do Genesis sempre deixaram claro que ainda se dão super bem e que têm bastante vontade de voltar a trabalhar na banda.

Já Phil Collins tem focado em sua carreira solo e sua turnê, Not Dead Yet, tem datas até Outubro deste ano.