Scott Weiland e Slash, do Velvet Revolver
Foto: Wikimedia Commons

Slash falou pela primeira vez sobre Scott Weiland desde a morte do músico em Dezembro de 2015.

Em uma entrevista recente para a Rolling Stone, o guitarrista relembrou seu tempo no Velvet Revolver, banda da qual fez parte ao lado de Weiland, Dave Kushner, Matt SorumDuff McKagan.

Quando perguntado sobre o falecido colega, o músico foi categórico ao dizer que não tem boas lembranças do grupo:

Por mais louco que todo esse período tenha sido, eu ainda fiquei chocado ao ouvir sobre [a morte do] Scott. Mas sim, o Velvet Revolver não foi divertido. Não tenho nada de positivo para dizer sobre essa experiência, exceto que escrevemos algumas coisas legais.

Na mesma entrevista, Slash ainda falou sobre sua relação com David Bowie, que namorou sua mãe, a estilista Ola Hudson, nos anos 70. O guitarrista revelou que manteve contato com o lendário cantor até pouco antes de sua morte, quando o convidou para um filme de terror. O músico do Guns N’ Roses ainda disse que Bowie merecia toda a fama, pois era uma pessoa inspiradora.

Velvet Revolver

O Velvet Revolver ficou na ativa de 2002 a 2008, voltando para uma breve reunião em 2012.

A banda demitiu Weiland por seus problemas de comportamento e com as drogas, história parecida com a de seu grupo principal, o Stone Temple Pilots. Neste ano, Dave Kushner ainda falou um pouco sobre os conflitos com o vocalista, dizendo que também houveram problemas com dinheiro.

Todos os membros da banda estiveram presentes no funeral de Weiland em 2015.