Choque de Cultura e Los Hermanos
Fotos: Reprodução / Divulgação
 

Você achou que a Sprinter Azul e Vermelha era a única coisa que Rogerinho do Ingá dirigia? Pois ACHOU ERRADO, OTÁRIO.

Nos últimos dias Caito Mainier, o ator que interpreta o apresentador supracitado no influente programa de YouTube Choque de Cultura andou se lembrando do passado no Twitter e revelou as suas ligações com a banda carioca Los Hermanos.

Tudo começou quando Vinicius Felix, que tem um podcast chamado Telefonemas, twittou a imagem abaixo mostrando que o documentário sobre Ventura (2003), disco da banda, foi dirigido por Keka Reis e Caito Mainier.

Quem viu a publicação foi o próprio ator/diretor/humorista/motorista, que não apenas riu do fato como também revelou que é o diretor do clipe para “Fingi Na Hora Rir”, música que aparece no disco Bloco do Eu Sozinho, lançado em 2001.

Também no Twitter, ele disse que foi o responsável pelo vídeo onde mostrou a festa de 15 anos da sua irmã, “que odiou na época”.

Los Hermanos e Choque de Cultura

Além da ligação com Caito Mainier, vale lembrar que outro quase crossover entre a banda indie e o programa do YouTube também é pra lá de interessante.

Segundo o Buzzfeed, a ideia original para o programa era que ele se chamasse Julinho da Van Talk Show, para falar apenas e tão somente sobre a vida de um motorista de van.

Quem estava entre os participantes desse programa era Bruno Medina, tecladista do Los Hermanos, que interpretaria um personagem chamado Evandro 2 e Meio.

Dead Fish

Se você ficou impactado com essas informações todas, também vale dar uma conferida nesse post onde falamos sobre como outro ator do elenco de Choque de Cultura fez um dos vídeos mais engraçados da história do hardcore nacional, com participação do glorioso Dead Fish.

LEIA TAMBÉM: “Não vou ficar calado” – Caito Mainier (Choque de Cultura) diz que fará programa de política

“Fingi Na Hora de Rir”

Vale lembrar também que o nome da música é “Fingi Na Hora Rir”, mas desde que nos entendemos por gente as pessoas não conseguem chamá-la de outro nome a não ser “Fingi Na Hora de Rir”, e parece que isso tomou conta até dos responsáveis pelos materiais da banda, já que o clipe foi publicado dessa forma no YouTube.