O início dos anos 2000 consagrou uma série de nomes do New Metal (ou Nu Metal) importados dos Estados Unidos, que mesclavam elementos de estilos do Metal com a presença de um DJ na banda, aliado a vocalistas que tinham muita influência vinda de MCs do Rap.

Seguindo essa fórmula (ou pelo menos parte dela), Linkin Park, Limp Bizkit, Deftones, Slipknot, Papa Roach, Mudvayne, Il Niño e P.O.D., entre outros nomes, dividiram palcos de festivais, listas de clipes em programas da Mtv, discmans e os primeiros iPods com uma série de sucessos seguidos que acabaram influenciando toda uma geração ao redor do mundo.

Aqui no Brasil, a influência do P.O.D. acaba de resultar na criação de um projeto de covers intitulado 6.1.9. (referência ao código telefônico de área de San Diego, cidade natal do P.O.D.). O projeto, encabeçado pelo baterista Goio Medeiros, visa montar diferentes formações de músicos fãs de P.O.D. para gravar, de forma profissional, covers em formatos de áudio e vídeo que serão lançados mensalmente, todo dia 26.

A iniciativa busca não só homenagear a banda californiana de New Metal, mas também expor os trabalhos das bandas independentes formadas pelos músicos participantes. Segundo Medeiros, o projeto já atraiu a atenção de fãs/músicos do Uruguai, Argentina e Estados Unidos, que farão parte das formações dos 4 primeiros covers gravados.

E não foram só músicos independentes e amadores que apoiaram o 6.1.9. não. O guitarrista do P.O.D. Marcos Curiel curtiu a iniciativa e inclusive já segue as páginas do projeto no Instagram e no Twitter.

O projeto deu início ao seu trabalho de divulgação com um cover da faixa “Am I Awake”, música que abre o último lançamento de estúdio do P.O.D., o disco The Awakening (lançado em 2015). Esse primeiro cover foi executado pelos músicos Esteban Alvez (Voz) e Lucas Rosa (Guitarra e voz), ambos da banda Praxis. Michael de Freitas (baixo) e o próprio Goio Medeiros são da banda Sangreviva. Confira o resultado abaixo:

Já o P.O.D. original deu as caras aqui pelo Brasil pela última vez em Outubro do ano passado, onde fizeram uma curta turnê por algumas capitais do país tocando junto com o Alien Ant Farm. No começo de 2018 a banda fechou contrato com a Mascot Records e deve lançar novo material em breve.

 

 
Compartilhar