Charlie Benante
Foto: Wikimedia Commons
 

O Anthrax realmente não tem o mínimo interesse em explorar outras sonoridades.

O grupo lançou recentemente o álbum ao vivo Kings Among Scotland, e o baterista Charlie Benante deu uma entrevista ao site Fargo Monthly. Por lá, ele falou sobre a pressão que as bandas de rock e metal hoje em dia sofrem para mudar o estilo ou explorarem outras vertentes.

Segundo Charlie, isso é besteira, e os estilos continuam relevantes sem precisar “apelar” para o lado comercial da coisa.

Quando você está tentando manter tudo sob controle, eu diria que é importante amar o que está fazendo. Ao longo dos anos podemos ver outras formas de música aparecerem e tornarem-se populares. Vivemos em uma época onde o clima diz que o rock está acabado e você precisa abrir caminho para outros gêneros e ficamos tipo, “não”, todos ainda estão aqui e é perceptível. Olhe o AC/DC ou Iron Maiden, eles continuaram fieis e ainda são relevantes, e é isso que nós (Anthrax) somos.

Anthrax

O Anthrax tem mais de 30 anos de carreira e atualmente está em turnê com o Slayer, na turnê de despedida dos caras.