Avicii em 2014
Foto: The Perfect World Foundation / Creative Commons
 

A família do DJ sueco Avicii voltou a falar sobre a morte do músico.

Após um primeiro comunicado, agora os parentes de Tim Bergling falaram sobre como ele vinha sofrendo para encontrar paz nos últimos tempos e deram a entender que o produtor teria se suicidado.

A notícia veio através de publicação da Variety, que traduziu a mensagem original em sueco para Inglês; ela pode ser lida em Português logo abaixo.

Nosso amado Tim era um buscador, uma frágil alma artística procurando por respostas para questões existenciais. Um perfeccionista sempre querendo mais que viajou e trabalhou duro em um ritmo que o levou ao estresse extremo.

Quando ele parou de excursionar, ele queria encontrar um meio termo na vida para ser feliz e continuar fazendo o que mais amava – música. Ele realmente lutou muito com pensamentos sobre Significado, Vida, Felicidade. Ele não poderia mais seguir em frente. Ele queria encontrar a paz.

Tim não foi feito para a máquina de negócios em que ele se meteu; ele era um cara sensível que amava seus fãs mas evitava os holofotes.

Tim, você será amado para sempre e sua falta será duramente sentida.

A pessoa que você era e a sua música irão manter a sua memória viva. Nós te amamos,

Sua família

Avicii

Conhecido por inúmeras colaborações de muito sucesso na música eletrônica, o DJ e produtor sueco Avicii, nascido Tim Bergling, vinha passando por problemas de saúde nos últimos tempos, e em 2014 chegou a ser internado com pancreatite aguda, muito em função do consumo excessivo de álcool.

LEIA TAMBÉM: sinos de igreja tocam três músicas de Avicii em homenagem ao músico

Em 2016 ele se afastou dos palcos justamente para colocar a saúde em dia, e as últimas fotos do cara mostram que ele estava saudável e, aparentemente, feliz.

Avicii foi encontrado morto em um resort na cidade de Muscat, no Omã, Oriente Médio. Fontes dizem que ele deixou uma fortuna de 85 milhões de dólares.

Que descanse em paz.

 
 
Compartilhar