Daft Punk - Get Lucky
 

É, amigos, o tempo passa, o tempo voa.

Foi em 19 de Abril de 2013 que a misteriosa dupla Daft Punk lançou o single “Get Lucky”, em parceria com Pharrell Williams e Nile Rodgers, e tomou o mundo todo de assalto.

Presente no disco Random Access Memories que seria lançado em 17 de Maio daquele ano, a canção teve o timing perfeito para se tornar o Hit do Verão no Hemisfério Norte e para contagiar o resto do planeta, que não se cansava de dançar ao som da canção.

Elogiada por público e crítica, “Get Lucky” tornou-se um marco na carreira do Daft Punk, que nesse disco flertou com diversos elementos e colaborações com outros artistas, tanto do mainstream como Pharrell e Nile, quanto da música alternativa, como Julian Casablancas e Panda Bear.

Sucesso de vendas (e de crítica)

“Get Lucky” tem marcas impressionantes: a canção alcançou o Top 10 nas paradas de 32 países e foi vendida nada mais, nada menos que 9.3 milhões de vezes.

No Grammy, onde a dupla inclusive se apresentou com Stevie Wonder, levou os prêmios de Gravação do Ano e Melhor Performance Pop de Duo/Grupo. Além disso, o single definitivamente deu uma bela ajuda para que Random Access Memories levasse o prêmio de Álbum do Ano pra casa.

Longo processo

Para aqueles que erroneamente acham que fazer um hit pop é algo fácil, aqui vai uma informação que talvez os faça mudar de ideia: foram 18 meses até que “Get Lucky” ficasse pronta.

Nile Rodgers ouviu uma demo da canção e trabalhou nas guitarras que gravaria para ela até que a dupla ficasse satisfeita com a colaboração. O rapper Pharrell já havia dito que gostaria de colaborar com a dupla de alguma forma, “tocando até tamborim”, e acabou sendo convidado para emprestar a sua voz ao hit.

Daft Punk

Lá se foram cinco anos e Random Access Memories é o disco mais recente do Daft Punk, que não dá muitos sinais de que irá retomar as atividades tão cedo.

O jeito é cantar, pular e dançar com “Get Lucky” como se fosse 2013!