Tom Hanks em 2017
Foto de Tom Hanks via Shutterstock
 

A onda recente de denúncias sobre abuso e assédio sexual em Hollywood esteve deixando muita gente completamente decepcionada com vários de seus artistas favoritos.

Ao longo dos últimos meses, atores e músicos como Kevin Spacey, Jeffrey Tambor, Louis C.K., Jesse Lacey (Brand New) e Ethan Kath (Crystal Castles) foram acusados por pessoas próximas e fãs de atitudes nem um pouco toleráveis. Alguns dos acusados chegaram a ser denunciados por centenas (!) de pessoas.

Tendo dito isso, alguns homens de Hollywood estiveram apoiando as denúncias recentemente. Após Bryan Cranston ter falado sobre as denúncias contra Kevin Spacey, agora é a vez de Tom Hanks se pronunciar em relação ao assunto.

Em uma entrevista para o The Hollywood Reporter, o ator entrou em detalhes sobre seu ponto de vista da situação. Ao mencionar que não estava surpreso com a quantidade de predadores sexuais na indústria, Hanks falou sobre a mentalidade de algumas pessoas que conheceu:

Existem pessoas que entram nessa indústria porque amam ter poder. E eles sentem mais poder quando estão dando em cima de alguém que está ‘abaixo’ deles, [e] eu não digo isso apenas do ponto de vista sexual. Existem predadores por todo canto.

Quando perguntado se já havia presenciado algum desses casos em primeira mão, ele contou sobre uma experiência com um filme que estava produzindo. O ator comentou que, embora exista um certo tipo de comportamento inapropriado que venha da mentalidade de ‘Bom, nós estamos nesse circo e na estrada, então as regras não se aplicam’, existe um comportamento predatório mais traiçoeiro praticado por homens no poder:

O outro aspecto nesse caso é, ‘Venha tentar tirar esse emprego de mim. Você quer que eu te dê um emprego? Prove pra mim que você quer esse emprego’. Esse é um pecado, é contra a lei e é um nível de assédio e comportamento predatório que vai contra o ‘código de ética’ comum.

No entanto, o ator acredita que as coisas irão mudar. “Eu acho que, eventualmente, todo mundo que tiver um emprego na área de produção irá ter um código de ética e comportamento. Se você não segui-lo, você não trabalhará lá. E isso não é necessariamente uma coisa ruim. Alguém uma vez disse, ‘é tarde demais para mudar a situação?’. Não, nunca é tarde demais. Nunca é tarde demais para aprender um novo comportamento.”

Você pode ler a entrevista na íntegra clicando aqui.

 
Nosso site utiliza de cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Consulte nossa Política.
 
FonteConsequence of Sound
Compartilhar