Gene Simmons e os devil horns
Foto via Shutterstock
   

Pouco tempo após arranjar briga com muita gente ao tentar patentear os “chifrinhos do rock n’ roll”, Gene Simmons agora tem uma nova “vítima”: a Fox News.

O canal acaba de banir o músico pelo resto da vida por uma série de ações que disseram ser “palhaçadas inapropriadas e sexistas”. De acordo com o The Daily Beast, a treta aconteceu após o músico desistir de uma entrevista sobre seu novo livro, On Power, e também depois do integrante do KISS invadir uma reunião dos funcionários do canal.

Na ocasião, Simmons supostamente “abriu sua camiseta de veludo vermelha para revelar o seu peito e barriga” para gritar “hey garotas, me processem!”

Pois é.

Aparentemente, isso foi resultado de uma conversa anterior no programa Fox & Friends, onde Simmons foi questionado sobre sua opinião sobre o escândalo envolvendo Harvey Weinstein. Em resposta, ele brincou dizendo que “os lunáticos tomaram conta do manicômio quando empresas respeitadas como vocês perguntam a caras que gostam de botar suas línguas pra fora o que achamos do Harvey Weinstein”.

De acordo com fontes, o músico ainda teria supostamente “feito piadas de pedofilia envolvendo Michael Jackson e então batido com seu livro na cabeça de dois funcionários, fazendo comentários desonestos sobre suas inteligências de acordo com o som que as cabeças deles fizeram quando foram batidas com o livro”.

Agora, a foto de Simmons está na entrada dos seguranças do prédio da empresa com um aviso de “não deixar entrar”.

Você pode conferir a última participação de Simmons no canal logo abaixo.

 
 
Compartilhar