Muse com Brian Johnson no Reading 2017
Foto: Reprodução / Instagram
 

No último dia 18 o mundo perdeu um dos guitarristas mais influentes da história quando Malcolm Young, fundador do AC/DC, nos deixou.

O músico que iniciou a banda ao lado do irmão, Angus Young, faleceu aos 64 anos de idade após um longo período sofrendo com demência, e diversos nomes dos mais variados estilos musicais prestaram as suas homenagens.

Quem falou agora a respeito foi Brian Johnson, ex-vocalista da banda que se afastou do grupo por conta de um problema no ouvido e foi substituído por Axl Rose.

Ao falar a respeito da morte de Malcolm Young, Johnson disse:

Eu fico triste com a morte do meu amigo Malcolm Young, não acredito que ele se foi.
Nos divertimos tanto na estrada.
Eu sempre soube que ele era um gênio com a guitarra, seus riffs se tornaram uma lenda, e ele também.
Eu transmito meu amor e simpatia para sua esposa Linda, seus filhos Kara e Ross, e Angus, que estão todos devastados… bem como todos nós.
Ele deixou um legado que eu acho que poucos irão conseguir alcançar.
Ele nunca gostou do lado de ‘celebridade’ da fama, era muito humilde para isso.
Ele foi o homem que criou o AC/DC porque disse que ‘não existia Rock’n’Roll por aí.’
Tenho orgulho de tê-lo conhecido e dele ter sido meu amigo, e irei sentir muita falta disso.
Eu te saúdo, Malcolm Young.

Relembre o último show de Malcolm Young com o AC/DC clicando aqui.

 
Nosso site utiliza de cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Consulte nossa Política.
 
Compartilhar