Noel Gallagher
Foto: Lawrence Watson
 

Liam e Noel Gallagher não têm papas na língua e isso já não é mais novidade para ninguém.

Na quinta-feira (09), foi a vez de Noel falar novamente o que pensa. Em entrevista concedida a uma rádio italiana, o músico que lançará Who Built the Moon? nas próximas semanas parece estar perplexo com o jeito em que as composições estão sendo escritas e cantadas por aí por bandas de rock. O cara afirmou “não entender o propósito de se cantar sobre o que está nas notícias”.

Eu acho muito fácil os caras pegarem suas guitarras, nos dias de hoje, e cantar sobre o que está nos jornais. Eu não entendo qual é o propósito disso tudo. Acredito que compor canções sobre esperança e alegria, nos tempos atuais, é algo quase revolucionário. 

Gallagher que, fez duras críticas às letras do Foo Fighters, do Queens of the Stone Age e do Green Day, ainda indagou o motivo de se cantar sobre o que está nos jornais: “Quem quer cantar sobre o que está noticiário?”

Acho que a música se tornou apenas gritaria. Sobre o que Dave Grohl está cantando? Sobre o que o Green Day e o cara do Queens of the Stone Age estão gritando? Eles estão gritando por causa da porra do noticiário. Quem quer cantar sobre o que está no noticiário?

Noel ainda falou sobre o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e também sobre o representante político da Coreia do Norte, Kim Jong-un, chamado de “gordinho” pelo músico.

Donald Trump é chato para caralho. A política é chata. O gordinho da Coreia do Norte parece engraçado, mas também é chato para caralho. Por qual motivo você iria querer escrever uma música sobre isso?

Confira a entrevista completa logo abaixo.