Por Doni Maciel

O Millencolin esteve no Brasil para uma série de shows que fazem parte da “TRUE BREW WORLD TOUR 2017”, que se encerrou em Porto Alegre. True Brew dá título ao último disco de estúdio dos suecos, lançado em 2015 pela Epitaph.

Desde 2010 sem pisar em solo gaúcho, o Millencolin fez valer a espera desses longos 7 anos. Fãs de todas as idades e gerações se acotovelavam na pista em frente ao palco, numa tremenda celebração ao bom e velho skate punk, que remete diretamente pra dentro da trilha sonora de alguma jogo da série de Tony Hawk.

“No Cigar” de Pennybridge Pioneers (2000) deu início ao show, e já formava as primeiras rodas que não cessariam ate o game over. Os suecos passaram por todas as fases de seus 8 discos lançados. O setlist da turnê foi basicamente o mesmo apresentado no México, Chile e Argentina. “Sense & Sensiblity” de True Brew (2015) mostrou que o público presente recebeu muito bem o último álbum de estúdio da banda.

Nikola Sarcevic (vocalista/baixista) em posse de seu violão para “The Ballad”, deixou o clima um pouco mais calmo enquanto “Mr. Clean” do álbum de estreia dos suecos “Same Old Tunes” (1994) encerrou o primeira parte do show. Já no bis, a banda trouxe a clássica “Bullion” (Life on a plate – 1996), “Duckpond” e encerrou com “Black Eye” (Home from Home – 2002).

Em um segundo bis, a banda mais uma vez saiu do palco e voltou para um final apoteótico com “Farewell my Hell” (Kingwood – 2005).

Foi de lavar a alma, pegar o “carrinho” e dar aquele rolê, seja na rua, na pista do Parque Marinha do Brasil ou na lendária pista de skate do IAPI.

Setlist

  1. No cigar
  2. Sense & Sensibility
  3. Ray
  4. Olympic
  5. Penguins & Polarbears
  6. Fazil’s Friend
  7. Bring me Home
  8. Cash or Clash
  9. Autopilot Mode
  10. The Ballad
  11. Twenty Two
  12. True Brew
  13. Lozin’ Must
  14. Kemp
  15. Pepper
  16. Mr.Clean
    Bis
  17. Egocentric Man
  18. Fox
  19. Bullion
  20. Duckpond
  21. Battery Check
  22. Black Eye
    Bis 2
  23. Farewell My Hell
 
Compartilhar