Há alguns meses o músico Tom DeLonge (Angels And Airwaves, Box Car Racer, Blink-182) vem falando sobre um projeto gigantesco no qual vinha trabalhando.

Pois bem, hoje foi o dia do anúncio que veio através de um vídeo ao vivo no Facebook, e ele foi repleto de revelações bastante ousadas.

DeLonge começou falando sobre como desde criança sempre teve interesse em assuntos de outro mundo e revelou que quando recebeu o primeiro pagamento por royalties do Blink-182, comprou um computador para pesquisar sobre alienígenas e atividades do tipo a noite toda.

A partir daí ele apresentou a sua nova empreitada, To The Stars Academy e o time que faz parte dela, com ex-membros de agências como a CIA e o Departamento de Defesa dos Estados Unidos, professores universitários, investidores e pessoas com bom trânsito político.

Segundo Tom, a ideia é misturar três pilares: ciência, espaço aéreo e entretenimento. Dessa forma, ele quer utilizar a Academia para expandir os horizontes do conhecimento científico no Planeta Terra bem como aliar tudo isso aos seus lançamentos em filmes e livros que já vêm acontecendo há algum tempo.

Na parte de espaço aéreo, a ideia talvez seja a mais ousada de todas: a To The Stars Academy quer construir uma nave para “desafiar o conceito de espaço-tempo” e conectar as pessoas no mundo todo de forma mais rápida.

Steve Justice, Diretor da Divisão de Espaço Aéreo dentro da To The Stars, falou:

Esse é um conceito para uma nave de transporte internacional ponto a ponto que irá acabar com os limites atuais de distância e tempo. Ela imita as capacidades observadas em fenômenos aéreos não identificados ao utilizar um sistema que altera as métricas de espaço-tempo. Temos pequenas ideias de como a física disso tudo funciona, mas precisamos garimpar tecnologias da Divisão de Ciência para fazer essa capacidade acontecer.

Ao anunciar o projeto, Tom e seu time chegaram inclusive a comparar a forma como nos movimentamos hoje nas cidades: “muita gente não usa mais automóveis, mas sim utiliza meios de transporte sob demanda do ponto A para o ponto B. Elas não têm carros. A ideia aqui é a mesma, transportar as pessoas rapidamente para outros países.”

Eles ainda disseram que isso poderia eliminar toda a burocracia que existe hoje em dia para, por exemplo, transportar suprimentos a regiões que sofreram com desastres naturais, e ainda ressaltaram que entendem que essa tecnologia é impossível de ser compreendida hoje em dia, mas que “há 15 anos ninguém sabia o que era um smartphone e hoje em dia ninguém vive sem um.”

Outros tópicos citados no material oficial divulgado hoje envolvem telepatia, interfaces entre o cérebro e o computador, música, arte e mais.

Você pode encontrar o site oficial da To The Stars Academy por aqui para saber mais sobre o projeto e inclusive se tornar “sócio”, com um investimento mínimo de 200 dólares.

Join me LIVE as we reveal the experts from within the top-secret shadows of aerospace, science and the DoD to unveil an initiative to bring transformative science and engineering to global citizens. #ProfoundPossibilitiesGet more info at www.ToTheStarsAcademy.com and read the Offering Circular at https://dpo.tothestarsacademy.com/#offering-circular

Posted by Tom DeLonge on Wednesday, October 11, 2017

 

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!