Avril Lavigne em 2011

Não, você não leu o título da matéria errado.

A cantora Avril Lavigne é o nome mais usado em 2017 para garantir cliques em links maliciosos, de acordo com a empresa de cibersegurança McAfee.

As pesquisas relacionadas à canadense têm 14,5% de chances de levar a sites com ameaças em potencial, um número que cresce para 22% se usuários pesquisarem o seu nome em busca de MP3s gratuitos.

A empresa sugere que o nome da cantora ganhou o primeiro lugar na lista anual devido ao interesse sobre seu retorno – Avril pretende lançar um novo álbum ainda este ano – e à teoria maluca de que ela morreu e foi substituída.

A cantora tem estado longe dos holofotes desde que começou a batalha contra a doença de Lyme, no fim de 2014. Seu último trabalho na música foi um álbum homônimo em 2013, quinto de sua carreira.

Avril é a primeira cantora a ficar em primeiro na lista de nomes mais perigosos, substituindo a comediante Amy Schumer, que foi nomeada em 2016.

Em segundo lugar na lista de 2017, está Bruno Mars, seguido de Carly Rae Jepsen. Outros nomes do top 10 são Calvin HarrisJustin BieberKaty Perry e Beyoncé.

Portanto, a pesquisa feita pela McAfee serve de alerta aos internautas para terem cuidado com links suspeitos, especialmente em casos de conteúdo para download.

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar