Orange Is The New Black
Foto: Divulgação
 

A quinta temporada de Orange Is The New Black estreou em Junho e foi alvo de inúmeras críticas de fãs da série de sucesso da Netflix. Jenji Kohan, criadora da série, e Tara Hermann, produtora executiva, sabem que as coisas não saíram exatamente como deveriam.

Numa entrevista presente na nova edição da revista The New Yorker, as responsáveis pelo seriado apontam como a produção da quinta temporada ficou defasada com a saída de roteiristas importantes da equipe original. Kohan e Hermann também afirmam estarem cientes de que a mudança na equipe de roteiristas teve um impacto negativo na última temporada lançada.

Perdemos um monte dos roteiristas originais. Não foi culpa de ninguém. Foi apenas uma nova dinâmica – as pessoas estavam ligadas aos personagens como espectadores, e não como criadores.

Jenji Kohan diz que algumas das tramas apresentadas na quinta temporada pareciam fan fictions – uma história escrita por fãs – e fala de forma nostálgica sobre os roteiristas que deixaram a equipe.

A série estreou em 2013 na Netflix e foi sucesso de público e crítica, com a segunda temporada chegando a uma avaliação de 98% no Rotten Tomatoes. O descontentamento dos fãs com a quinta temporada da série fez com que sua avaliação despencasse para 73%.

Talvez as coisas mudem na sexta temporada: apenas dois escritores da equipe responsável pelo roteiro da última retornam para trabalhar na próxima, ainda sem data de lançamento.