Eddie Vedder e Glen Hansard em Amsterdam
Foto: Reprodução/YouTube

Eddie Vedder, vocalista do Pearl Jam, irá fazer uma série de shows pela Europa como parte de uma turnê solo e o primeiro deles aconteceu antes de ontem (27) em Amsterdã.

Por lá, o músico que foi acompanhado de Glen Hansard, não fez nenhuma menção direta ao saudoso Chris Cornell, mas relatos dão conta de que o show foi emocionante e cheio de referências ao vocalista do Soundgarden que nos deixou nos últimos dias.

A primeira delas veio logo na música de abertura, “Long Road”, onde Vedder trocou um trecho da letra para “Without you / Something is missing”, ou “Sem você / Algo está faltando”.

Quando apresentou “Sometimes”, ele gritou “Where were you, dear God?”, ou “Onde você estava, querido Deus?” e o músico também tocou “The Needle And The Damage Done”, música de Neil Young que fala sobre o vício em heroína.

Ao tocar uma cover de “I’m So Tired”, do Fugazi, Vedder entoou a letra que diz:

Aqui fora / Mal consigo enxergar minha respiração / Cercado por inveja e morte / Não posso ser alcançado

Em um momento do show, alguém na plateia gritou “Eu te amo!”, e Vedder deixou bem claro que estava precisando daquilo:

Obrigado. Eu preciso disso – todos precisamos. Estou pensando em muitas pessoas hoje à noite. Em algumas em particular e suas famílias. E eu sei que a cura leva muito tempo, se é que acontece. Leva tempo, e significa que você tem que começar em algum momento e de alguma forma. Que seja com a música. Que seja amor e união. Que seja Amsterdam.

Por fim, como aponta o site Consequence of Sound, um membro do fórum do site oficial do Pearl Jam falou sobre como a apresentação foi cheia de momentos marcantes:

O show foi basicamente inteiro sobre Chris sem mencioná-lo diretamente. Ficou claro que Eddie não conseguia falar a respeito do assunto de forma clara. Ele falou um pouco sobre como o processo de cura pode começar com a música e fez várias referências a como estava triste e como ele e seus amigos estavam lutando.

Honestamente foi a performance mais corajosa que eu já vi. Às vezes parecia que ele estava a uma ou duas palavras de cair em lágrimas. Ele resmungou mais que o comum, bateu o pé violentamente no chão em ‘Immortality’ e outras canções, e após ‘The End’ eu achei que ele estava pronto para sair do palco e não voltar mais. Houve momentos engraçados e ele continuou com a segunda metade. Dava pra ouvir a resposta emocionante da plateia quando ‘Light Years’ começou. Em uma parte de ‘Sometimes’ ele gritou ‘Onde você estava, querido Deus?’ Foi de partir o coração.

Logo abaixo você pode ver uma série de imagens que mostram como Eddie Vedder estava consternado em seu show, bem como assistir a vídeos da apresentação e ver o setlist.

Hoje, dia 29, ele faz mais um show na mesma casa em Amsterdam.

  1. Long Road (Pearl Jam)
  2. Trouble (Cat Stevens cover)
  3. Sometimes (Pearl Jam)
  4. Can’t Keep (Pearl Jam)
  5. Sleeping by Myself
  6. Without You
  7. Longing to Belong (com Jonas Pap)
  8. The Needle and the Damage Done (Neil Young cover)
  9. I Am Mine (Pearl Jam)
  10. Light Years (Pearl Jam)
  11. Good Woman (Cat Power cover)
  12. Far Behind
  13. No Ceiling
  14. Guaranteed
  15. Rise
  16. I’m Open (Pearl Jam)
  17. Better Man (Pearl Jam)
  18. Immortality (Pearl Jam)
  19. Porch (Pearl Jam)
    Bis:
  20. I’m So Tired (Fugazi cover)
  21. Elderly Woman Behind the Counter in a Small Town (Pearl Jam)
  22. Imagine (John Lennon cover)
  23. Heroes (David Bowie cover) (Parcial)
  24. Just Breathe (Pearl Jam)
  25. Lukin (Pearl Jam)
  26. Song of Good Hope (Glen Hansard cover) (com Glen Hansard)
  27. Falling Slowly (The Swell Season cover) (com Glen Hansard)
  28. The End (Pearl Jam)
    Bis 2:
  29. Rockin’ in the Free World (Neil Young cover)
  30. Hard Sun (Indio cover) (com Glen Hansard)

EDDIE VEDDER deu início à turnê européia na noite passada no AFAS Live, em Amsterdã, Holanda, onde tocará mais duas vezes, em 29 e 30 de maio e claramente não foi uma apresentação comum. Foi uma apresentação emotiva em homenagem ao seu amigo e colaborador de longa data CHRIS CORNELL. Ele mudou algumas letras, tocou músicas sobre o vício da heroína, sobre a perda de alguém e sobre a imortalidade. Em um momento durante o concerto, uma fã gritou, "eu te amo!" e ele respondeu, "Obrigado. Eu preciso disso, todos nós precisamos. Estou pensando em muita gente hoje à noite. E em alguns em particular e suas famílias. E eu só sei que a cura leva tempo, se isso acontecer. Leva tempo, e isso significa que você tem que começar em algum lugar. Então deixe ser a música. Que seja amor e união. E deixe-o ser em Amsterdã." Confira o setlist incrível nos comentários, com algumas notas sobre algumas músicas. EDDIE VEDDER kicked off the European tour last night at AFAS Live, in Amsterdam, Netherlands, where he'll play twice more, on May 29 and May 30 and clearly it was not an ordinary presentation. It was a emotional presentation in homage to his longtime friend and collaborator CHRIS CORNELL. He changed some lyrics, played songs about heroin addiction, about loss someone and about immortality. At one point during the concert, a fan yelled out, “I love you!”, to which Vedder responded, “Thank you. I need it – we all need it. I’m thinking of a lot of people tonight. And some in particular and their families. And I just know that healing takes time, if it ever happens. It takes time, and that means you have to start somewhere. So let it be music. Let it be love and togetherness. And let it be Amsterdam.” Check out the incredible setlist in the comments, with some notes about some songs. Thanks from Brazil to @henkdol and @gutscheschmidt for sharing it. Also Thanks to The World Gone Crazy YouTube channel. #eddievedder #EV2017Tour #concert #pearljam #pearljamofficial #pearljamfan #pearljamfamily #chriscornell #tributetochriscornell #musicaeddievedder

A post shared by musicasempreetodahora (@musicasempreetodahora) on

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar